Rafinha destaca trabalho de Rogério Ceni no São Paulo: 'Ele é muito vitorioso'

Rafinha é um dos veteranos do Tricolor paulista (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)


Anunciado em dezembro de 2021, o lateral-direito Rafinha destacou o trabalho de Rogério Ceni no São Paulo e falou sobre projeções das competições que está disputando.

Galeria
> ATUAÇÕES: Calleri perde pênalti e Jandrei falha em empate do São Paulo com o Avaí

Tabela
> Veja tabela do Brasileirão 2022 e simule os próximos jogos

Em entrevista ao 'Bola da Vez', o jogador afirmou que Ceni é perfeccionista em seus treinamentos e exaltou a identificação do treinador com o Tricolor paulista - onde é considerado ídolo.

- Chefe, fica bravo comigo não. Mas o Rogério, nesse sentido, é fera. Porque ele é muito vitorioso, fez a carreira toda no São Paulo e foi vitorioso. É um cara que é 24 horas por dia para o futebol. E ele quer chegar ao máximo na perfeição. Uma coisa que o Rogério tem e que eu posso falar, não é ser puxa-saco, ele não repete treino - afirmou.

O camisa 13 citou, inclusive, um episódio específico que aconteceu durantes os treinamentos, após o empate da equipe com o Fortaleza no Campeonato Brasileiro deste ano.

- Estamos lá há cinco meses, até outro dia, ele estava meio zangado, soltando fumaça e falou: ‘Hoje, vamos fazer um trabalho assim, assado’, tocou a bola para trás, e eu só reparo: ‘Nossa, foi igual ao gol que tomamos contra o Fortaleza’. Ele respondeu: ‘Pois é, eu fiz um trabalho em cima dele' - contou.

Rafinha aproveitou a ocasião para falar sobre os nomes da base são-paulina. De acordo com o veterano, as crias de Cotia são um ponto forte no São Paulo.

- Tem muito moleque. Tem sete jogadores ali um pouco mais velhos. Ali estão todos encaminhados. Estão preparados para jogar em qualquer situação. Claro. Quando chegar na Europa como o caso do Marquinhos, é difícil. No primeiro ano não vai jogar tão bem porque o pessoal estuda primeiro o seu comportamento, como você vai se adaptar a tudo. Mas esses moleques estão todos preparados - ressaltou.

Por fim, comentou também sobre as competições que o São Paulo está disputando nesta temporada. Para ele, o Brasileirão é algo que demanda cautela por ser uma disputa de longo prazo.

- Sendo bem realista, o Campeonato Brasileiro é muito longo, ainda não tem como tirar nenhuma parâmetro. O importante é estar na parte de cima, somando ponto. É um começo que muitos dos são-paulinos não contavam que estaríamos ali perto dos primeiros, com chance de ser líder. É um campeonato a longo prazo, a gente tem que ter mais cautela, ainda tem muita coisa para rolar. A Copa do Brasil ainda não sabemos os adversários, mas a Sul-Americana já vimos nosso grupo, sabemos quem podemos pegar caso passe, dá para sonhar - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos