Rafaela Silva conquista medalha de bronze no Grand Slam de Judô

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Rafaela Silva é bronze no Grand Slam(Pedro Ramos/rededoesporte.gov.br)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


A judoca brasileira Rafaela Silva ganhou a medalha de bronze nesta sexta, no Grand Slam de Judô em Tbilisi, na Geórgia. Esta foi sua medalha mais importante desde que voltou aos tatames no ano passado. Na disputa pelo 3° lugar, ela derrotou a francesa Priscilla Gneto, com um golpe no Golden Score, que é uma espécie de prorrogação para lutas que terminam empatadas.


Campeã Olímpica no Rio, em 2016, Rafaela Silva ficou suspensa por dois anos, após ter sido pega no exame antidoping em 2019 e voltou no fim do ano passado. Desde então, a brasileira foi ouro no Grand Prix (que é um evento menor que o Grand Slam) e levou o bronze no Campeonato Pan-Americano.

+ Saiba quais são os clubes que mais cederam jogadores à Seleção Brasileira em Copas

No caminho rumo ao bronze, nesta sexta, Rafaela Silva derrotou Leyla Omidova, do Turcomenistão, e perdeu para a coreana Mimi Hu. Na repescagem, a brasileira venceu a cazaque Sevara Nishanbayeva.

+ Álbum do Brasileirão 2022 é lançado: veja o antes e depois de veteranos no campeonato

O Grand Slam da Geórgia distribui 1000 pontos para o campeão, 700 para o vice e 500 para os dois medalhistas de bronze. Rafaela estava em 18° lugar no ranking mundial e com o resultado, pode se aproximar do top 10. O Campeonato Mundial será em outubro no Uzbequistão e com a medalha conquistada, a judoca se aproxima da vaga para a competição cuja convocação sairá em setembro.

Além deste resultado, dois brasileiros ficaram em 5° lugar: Willian Lima, na categoria até 66kg e Amanda Lima, na categoria até 48kg.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos