Quinteto do Corinthians chega para ‘decisão’ na Libertadores em baixa

Renato Augusto e Willian em ação pelo Timão (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)


Desde a segunda metade da temporada passada até o início do ano, o Corinthians contratou jogadores veteranos para serem os protagonistas da equipe nos momentos decisivos de 2022. No entanto, o quinteto que encantou durante o Paulistão chega para o duelo contra o Flamengo nas quartas de final da Libertadores em baixa.

+ Com Fausto Vera, Timão chega a 16 reforços na gestão de Duílio; relembre as contratações

A última vez que Giuliano, Paulinho, Renato Augusto, Willian e Róger Guedes atuaram juntos sob o comando de Vítor Pereira foi na semifinal do Paulistão, contra o São Paulo. Naquela ocasião, todos começaram como titular, e o quinteto foi mantido até os 13 minutos do segundo tempo, quando Júnior Moraes substituiu Paulinho.

Antes do duelo eliminatório contra o Tricolor do Morumbi e da chegada do técnico lusitano, os cinco atletas atuaram juntos em 222 dos 450 minutos das cinco partidas que o Timão disputou sob o comando de Fernando Lázaro, representando 49,3% dos minutos totais nesse período com o interino.

Repaginado após a queda do quinteto, o Corinthians chega para o confronto contra o Flamengo confiando nas lideranças defensivas da equipe e apostando no bom entendimento entre os reforços contratados na janela do meio do ano e as Crias do Terrão.

O LANCE! mostra a situação de cada um dos atletas do 'quinteto mágico’.

Paulinho
O camisa 15 completou três meses fora dos gramados após romper o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo durante vitória do Timão sobre o Fortaleza, pela 4ª rodada do Brasileirão. A tendência é que Paulinho fique fora dos gramados por toda a temporada, e só retorne em 2023. O clube se movimentou no mercado e trouxe Maycon e Fausto Vera para repor a perda no setor.

Giuliano
Mesmo sendo o ‘garçom’ do Corinthians na temporada e um dos jogadores mais utilizados por Vítor Pereira, as atuações de Giuliano não tem rendido elogios da torcida corintiana. O camisa 11 não participa de um gol ou assistência há mais de um mês, quando foi às redes duas vezes contra o Santos na Copa do Brasil.

A última vez que o meia jogou 90 minutos foi na partida de ida contra o Boca Juniors, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

+ TABELA - Simule os próximos jogos do Corinthians no Brasileirão

Renato Augusto
Um dos principais jogadores na temporada passada, a condição física do camisa 8 é o que vem atrapalhando o atleta na temporada. Sem atuar há 12 jogos com um desconforto na panturrilha, Renato Augusto voltou a participar parcialmente dos treinos, segundo a última atualização do departamento médico. No entanto, é pouco provável que ele seja utilizado por Vítor Pereira na partida de ida contra o Flamengo.

Willian
Talvez a contratação mais badalada do quinteto, o camisa 10 ainda não correspondeu à altura das expectativas da torcida. Willian marcou apenas um gol em seu retorno (contra o São Bernardo, em fevereiro) e não vem conseguindo traduzir a contribuição ofensiva em gols ou assistências. Após a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, o técnico Vítor Pereira revelou que o meia-atacante ainda sente dores no ombro, e o incômodo vem limitando os movimentos do atleta em campo.

Róger Guedes
O camisa 9 é quem se manteve mais constante do quinteto ao longo da temporada. Artilheiro do time na temporada com 10 gols, Guedes superou o atrito inicial com Vítor Pereira e vem sendo um dos principais jogadores ofensivos do Timão. A nova parceria com Yuri Alberto ainda não deslanchou, mas o atacante vem marcando seus gols e sendo importante para o time, seja jogando como ponta ou centralizado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos