'Quero que Neymar fique', diz Christophe Galtier em sua apresentação no PSG

"Quero que Neymar fique". Foi assim, bem direto, que o francês Christophe Galtier lidou com o assunto do momento no Paris Saint-Germain em seu primeiro dia de clube. Escolhido como substituto de Maurício Pochettino, o treinador não se esquivou das especulações sobre o futuro do brasileiro e tratou de incluí-lo em seus planos.

- Evidentemente, quero que Neymar fique, já que quando você tem jogadores de classe mundial é melhor tê-los a favor do que contra - afirmou Galtier em sua apresentação.

Flamengo: Clube e Prefeitura avançam em conversas sobre estádio na Barra e avaliarão terrenos

O ex-técnico do Nice, contudo, deixou claro que não vai abrir mão de gerir o comportamento dos atletas. E afirmou que aqueles que não se enquadrarem em suas diretrizes serão afastados.

- Estou decidido a fazer com que esta equipe seja muito sólida, exigente, determinada, para fazer a melhor temporada possível. Se, infelizmente, houver algum jogador que saia dessas diretrizes, será afastado.

Martín Fernandez: Como o mercado de transferências mexe com a seleção brasileira

Galtier se apresenta pouco depois que o jornal "El País", da Espanha, publicou que o PSG não conta mais com Neymar e informou a seu pai e empresário que pretende negociá-lo. Desde então, nenhuma das partes confirmou a história. Mas tampouco desmentiu.

Neymar se reapresentou nesta terça ao lado dos outros jogadores do time. Entre eles, Messi e Mbappé, que renovou seu contrato com o PSG e ganhou maior protagonismo fora de campo. Segundo o "El Pais", a saída do brasileiro teria sido um pedido dele para seguir no clube, já que vê no atacante uma liderança negativa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos