“Quem ganhar paga o jantar": Djokovic e Kyrgios fazem as pazes antes da final de Wimbledon

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LONDRES (Reuters) - Um bromance entre Nova Djokovic e Nick Kyrgios era a última coisa que os torcedores esperavam antes de Wimbledon, mas os dois jogadores fizeram as pazes e até decidiram sair para jantar, com a conta sendo paga pelo vencedor da final deste domingo.

Kyrgios, que no passado chamou Djokovic de “cabeça oca” e “trouxa”, defendeu o sérvio quando ele foi detido e deportado antes do Aberto da Austrália no começo deste ano devido ao seu status de vacinação contra a Covid-19.

Djokovic está tentando conquistar seu 21º título de Grand Slam e o sétimo de Wimbledon, enquanto Kyrgios estará em sua primeira final de um dos quatro torneios mais importantes do circuito.

Eles se encontraram no treino e trocaram ideias antes de levarem a conversa ao Instagram para seus milhões de seguidores.

Djokovic: “Demorou cinco anos para você dizer algo legal sobre mim".

Kyrgios: “Mas eu o defendi quando importava”.

Djokovic: “Você defendeu, eu agradeço por isso”.

Kyrgios: “Somos amigos agora?”

Djokovic: “Se você estiver me convidando para um drinque ou jantar, eu aceito. PS: Quem vencer amanhã paga”.

Kyrgios: “Combinado. Vamos para uma balada para (a gente) ficar louco”.

Kyrgios chegou à final após Rafael Nadal ter de abandonar o torneio por lesão.

(Reportagem de Rohith Nair em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos