Quarteto do Flamengo ganha sequência com Dorival Júnior e eleva aproveitamento do time

Pedro e Gabigol foram decisivos na vitória sobre o Bragantino (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Com a consolidação de Pedro como titular do Flamengo, o clube já tem um novo quarteto ofensivo. Com o centroavante iniciando 13 jogos com Everton Ribeiro, Arrascaeta e Gabigol, o time de Dorival Júnior tem um aproveitamento de 87% dos pontos, sofrendo uma única derrota e empatando uma partida no período. Ainda são 32 gols pró - sendo 27 marcados pelos quatro jogadores citados acima.

Não é possível falar em dependência, pois, desde a chegada de Dorival Júnior, o Flamengo conquistou 72% dos pontos em disputa, com 21 vitórias, quatro empates e seis derrotas em 31 jogos. Um aproveitamento excelente que levou o time às finais da Copa do Brasil e da Libertadores, além da atual quinta posição do Brasileirão.

O salto de qualidade que o Flamengo tem com o quarteto em campo, contudo, é visível e empolga a Nação por um fim de ano com títulos.

ENTRADA DE PEDRO COMO GRANDE FEITO

Juntos no Flamengo desde 2019, Everton Ribeiro, Arrascaeta e Gabi formaram, nas últimas temporadas, um quarteto letal com Bruno Henrique. A grave lesão do camisa 27 - que só retorna em 2023 - abriu espaço para Pedro, que, apenas sob o comando de Dorival Júnior, ganhou a tão esperada sequência entre os titulares do time.

+ Confira a tabela e a classificação completa da Série A do Brasileirão!

No clube desde junho, Dorival devolveu ao Flamengo o bom futebol, o bom ambiente no dia a dia e, por consequência, os resultados. A consolidação de Pedro como titular, ao lado de Gabriel Barbosa, talvez seja o grande feito do técnico. Nenhum de seus antecessores havia dado tempo e insistido na formação com os dois artilheiros.