Quarterback Deshaun Watson faz acordo com 20 das 24 mulheres que o denunciaram por abuso sexual

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O quarterback do Cleveland Browns, Deshaun Watson, chegou a um acordo com 20 mulheres que entraram com processos contra o astro da NFL alegando má conduta sexual durante sessões de massagem, disse um advogado das requerentes nesta terça-feira.

O advogado Tony Buzbee disse em um comunicado que todos, exceto quatro dos 24 casos civis apresentados contra Watson, foram resolvidos. Os termos dos acordos não foram divulgados.

"Hoje estou anunciando que todos, exceto quatro casos contra Deshaun Watson, foram resolvidos", disse Buzbee em comunicado. "Estamos trabalhando na papelada relacionada a esses acordos. Uma vez feito isso, esses casos específicos serão arquivados. Os termos e valores dos acordos são confidenciais".

Buzbee acrescentou que Ashley Solis, a primeira mulher a entrar com um processo contra Watson e falar publicamente sobre o caso, é uma das quatro mulheres que não chegaram a um acordo com o quarterback.

"Seu caso não foi resolvido e, portanto, sua história e a das outras três mulheres corajosas continuarão. Estou ansioso para julgar esses casos no devido tempo, de acordo com outras obrigações do processo e com o cronograma do tribunal", acrescentou.

As mulheres que processaram Watson acusaram o quarterback de má conduta sexual e comportamento inadequado durante as massagens que ele pagou quando jogava com o Houston Texans.

Watson negou categoricamente qualquer irregularidade, e seu advogado disse no mês passado que "a pouca atividade sexual" foi consensual.

Embora os promotores do Texas tenham se recusado a apresentar acusações criminais sobre as alegações, Watson ainda enfrenta punição da NFL, assim como processos civis pendentes contra ele.

O jogador de 26 anos, um dos quarterbacks mais talentosos da NFL, perdeu toda a temporada de 2021 com os Texans após as acusações.

Em março, Watson se juntou aos Browns em uma transferência impactante que o fará receber um salário garantido de US$ 230 milhões.

rcw/meh/cl/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos