Putin convoca ídolo da Rússia na Euro 2008 para a guerra na Ucrânia

Putin convocou ex-jogador da Rússia para ofensiva contra a Ucrânia (Foto: JEWEL SAMAD / AFP)


O presidente da Rússia Vladimir Putin convocou o ex-jogador Diniyar Bilyaletdinov para a guerra contra a Ucrânia. Em entrevista ao portal "Sports", da Rússia, o pai de um dos heróis da campanha de sua seleção na Eurocopa de 2008 confirmou a ida do filho.

- Diniyar recebeu uma citação. É difícil falar de emoções, pois ele não serviu, embora tenha feito o serviço militar. Ele prestou juramento, mas serviu vinculado ao esporte. A lei dizia que ia chamar pessoas com até 35 anos, e ele tem 37, o que mostra alguma inconsistência - disse Rinat Bilyaletdinov.

> Veja a tabela da Copa do Mundo

Diniyar Bilyaletdinov tem 46 partidas disputadas com a Rússia e seis gols marcados. Em 2008, o ex-meia, que tem passagem pelo futebol da Inglaterra, participou da campanha em que sua equipe chegou na semifinal do torneio de seleções, sendo eliminada para a Espanha, que viria a ser campeã continental.

Putin anunciou a mobilização de 300 mil novos recrutas para uma ofensiva contra a Ucrânia. Os países vivem uma guerra desde fevereiro de 2022 e os conflitos bélicos entre as duas nações não parece ter um fim próximo.