PSG oferece Neymar e Manchester City recusa a contratação

Apesar do ótimo início de temporada, Neymar foi oferecido ao Manchester City no fim da janela. Foto: Emmanuel Dunand/AFP via Getty Images
Apesar do ótimo início de temporada, Neymar foi oferecido ao Manchester City no fim da janela. Foto: Emmanuel Dunand/AFP via Getty Images

O fim do mercado de transferências teve seus momentos e suas importantes contratações. Mas ele poderia ter tido uma bomba que acabou não ocorrendo. O Paris Saint-Germain ofereceu ao Manchester City a contratação de Neymar, mas a equipe comandada por Pep Guardiola rejeitou a oferta parisiense e não quis contratar o atacante brasileiro.

Apesar do bom início de temporada de Neymar e suas constantes mensagens garantindo sua continuidade em Paris, o clube francês não pensou duas vezes em oferecer seus serviços ao City.

Leia também:

A relação de Ney com Mbappé, o grande craque parisiense após sua renovação, seria o gatilho para a decisão do PSG, que queria liberar uma de suas figuras para evitar problemas no vestiário e compatibilidade com o ego.

Mas o City, que abriu os cofres para contratar Haaland logo na abertura da janela de verão, não tinha intenção de realizar uma contratação de tais dimensões e com possíveis efeitos no vestiário e no funcionamento da equipe, apesar da qualidade do jogador.

O City rejeitou a oferta e Neymar, que seu time colocou na vitrine, continuará jogando no Parque dos Princípes em temporada que os brasileiros estão de olho, já que ele precisa ser protagonista para que o sonho do hexacampeonato se torne realidade na Copa do Mundo do Catar.

O camisa 10 da seleção é o jogador com mais participações em gol no começo da temporada europeia. Além da boa fase comprovada pelos nove gols e seis passes para gol em apenas seis jogos pelo PSG, o fato de jogar com mais liberdade criativa e em diferentes posições do ataque agrada o técnico Tite que vê o jogador com funções mais parecidas com o que faz no Brasil.