Proposta por Vital, do Corinthians, e venda de Paquetá movimentam mercado da bola

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Mesmo com a janela brasileira fechada, o mercado da bola do futebol continua agitado, com especulações e desfechos em meio aos últimos dias de negociações entre os clubes europeus.

Veja as principais notícias da bola desta segunda-feira (29):

Proposta para Vital

O Vitória de Guimarães está interessado na contratação de Mateus Vital. O clube português abriu conversas com o Corinthians e o próprio jogador, a quem ofereceu um contrato válido por três temporadas. Os portugueses tentam uma contratação gratuita e oferecem aos paulistas como contrapartida uma porcentagem de venda futura do atleta, inicialmente de 30%.

Apesar do forte interesse dos portugueses, o meia-atacante, que também está na mira do Valladolid, tem ainda o futuro em aberto, especialmente porque Vítor Pereira não quer a sua saída. Antes sem ser aproveitado, Vital voltou a ser usado por Vitor Pereira, contra Fortaleza e Fluminense, e tem sido elogiado no dia a dia.

Chelsea repensa sobre CR7

Cristiano Ronaldo pode sair do Manchester United ainda nesta janela de transferências. Segundo o jornal 'The Sun', o Chelsea voltou a pensar na contratação do jogador português devido às dificuldades por um acerto com Aubameyang, do Barcelona.

O jornal revela que o empresário do astro, Jorge Mendes, voltou para Londres para conversar com o dono do Chelsea, Todd Boehly. Cristiano Ronaldo quer deixar o Manchester United porque o clube não disputará a Champions League nesta temporada. Restam três dias para o fim da janela.

Renan Lodi de clube novo

O Nottingham Forest anunciou na manhã desta segunda a contratação de Renan Lodi. O lateral-esquerdo deixa o Atlético de Madri e chega ao clube inglês por empréstimo de uma temporada, com opção de compra ao fim do contrato. Os espanhóis receberam cinco milhões de euros (R$ 25 milhões) pela negociação.

O Atlético ainda colocou a opção de venda ao Nottingham Forest ao fim do contrato por 30 milhões de euros (R$ 150 milhões). A informação é do jornalista Fabrizio Romano. O brasileiro era titular da equipe de Diego Simeone, mas perdeu espaço neste início de temporada.

Paquetá é vendido...

Lucas Paquetá foi anunciado como o mais novo reforço do West Ham na tarde desta segunda (29). O atacante, que comemorou seu 25º aniversário no último sábado, assinou um contrato de cinco anos com os Hammers. "Estou animado para vestir a camisa do West Ham e mostrar aos torcedores o que posso fazer, para ajudar meus companheiros de equipe e o clube", disse ao site da equipe inglesa.

Paquetá foi vendido para a equipe da Premier League por 61,63 milhões de euros (R$ 310,69 milhões, na cotação desta segunda), incluindo 18,68 milhões de euros (R$ 94,17 milhões) em bônus distribuídos ao longo do contrato de cinco anos do jogador e que pode somar um incentivo adicional de 10% sobre qualquer ganho de capital.

... e rende dinheiro ao Flamengo

O Flamengo vai lucrar com a transferência de Lucas Paquetá do Lyon, da França, para o West Ham, da Inglaterra. A venda do brasileiro foi de mais de 60 milhões de euros. O Rubro-Negro tem direito a 3,78% da negociação por meio do mecanismo de solidariedade como clube formador - o cálculo foi feito pela Rede do Futebol.

Assim, o Flamengo pode levar 2,3 milhões de euros (cerca de R$ 11,5 milhões), caso as variáveis por performance sejam cumpridas. O mecanismo de solidariedade é repassado ao clube formador em cima de todos os valores pagos numa transferência. Lucas Paquetá foi revelado no clube do Rio e vendido ao Milan, em 2018. Depois ele se transferiu ao Lyon, em setembro de 2020.