Programa de TV espanhola diz que não houve racismo contra Vini Jr e fala em 'má interpretação'

Caso repercutiu por todo o mundo (Foto: Reprodução/El Chiringuito)


Após a repercussão internacional sobre as falas do empresário espanhol Pedro Bravo, que disse que o atacante Vini Jr teria de "parar de fazer macaquice", o programa da TV espanhola "El Chiringuito" se manifestou sobre o assunto. O apresentador Josep Pedrerol leu um posicionamento editorial o qual afirma que a expressão não tem cunho racista no país.

+ Basta! Vini Jr. é alvo de racismo: listamos casos em que brasileiros foram vítimas na Europa

- Quero deixar um recado para todos os brasileiros. A expressão "brincar de macaco" na Espanha é fazer papel de bobo. Não é racista. Mas na tradução foi mal interpretada. Um forte abraço e continue a dança - disse o apresentador.

+ Web detona torcedores Atlético de Madrid após cânticos racistas a Vini Jr: 'Nojentos'

Na sequência, o comentarista Javier Balboa também comentou sobre o termo utilizado pelo empresário Pedro Bravo. Segundo ele, o discurso foi mal interpretado.

- A expressão de Pedro Bravo é lamentável e se alguém colocar em redes pode ser mal interpretada - afirmou.

CÂNTICOS RACISTAS

Antes da bola rolar para a partida entre Real e Atlético de Madrid, torcedores colchoneros entoaram cânticos racistas a Vinicius Júnior. Dentro de campo, os merengues bateram o rival por 2 a 1 e seguem na liderança da "La Liga".