Problema defensivo? São Paulo não precisa de muitas finalizações para sofrer um gol

O São Paulo tem uma média de 7,6 finalizações para sofrer um gol (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)


O São Paulo é a terceira equipe do Campeonato Brasileiro que precisa de menos finalizações adversárias para sofrer um gol. Ao todo, o Tricolor paulista sofreu dez gols na competição e marcou 14.

Galeria
> Calleri já é o quinto maior artilheiro estrangeiro da história do São Paulo; veja o ranking

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

De acordo com a Footstats, a equipe de Rogério Ceni precisa de 7,6 finalizações para sofrer um gol, estando a frente no ranking somente do Atlético-MG (7,4) e Fortaleza (7,3).

Assim, tais números mostra uma deficiência no setor defensivo do Tricolor paulista, quando se compara, por exemplo, a equipe mais difícil de fazer gols - o Santos, que sofre um gol a cada 21,3 finalizações apenas.

Mesmo com os rodízios de Ceni e a tentativa de estabelecer um sistema tático de três zagueiros para fortalecer este setor, o São Paulo só não sofreu gols em uma partida do Brasileirão - sendo esta, contra o Athletico-PR, onde venceu por 4 a 0.

Por outro lado, o setor ofensivo do Tricolor paulista tem bons números. É o segundo time do ranking, ainda conforme o FootStats, que precisa de menos tentativas para marcar, com uma média de 7,6 chutes - estando atrás somente do Corinthians, que precisa de 5,4 finalizações.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado (4) contra o Avaí, às 19h, no estádio da Ressacada, pelo Brasileirão 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos