Prestes a encarar o Flamengo em decisão, Calleri fala sobre sonho de ganhar títulos no São Paulo


Uma das peças-chave de Rogério Ceni no ataque e com 100 jogos vestindo a camisa do São Paulo, Calleri falou sobre desejo por títulos em véspera de decisão contra o Flamengo, pela Copa do Brasil.

Galeria
> Com Sul-Americana, São Paulo amplia recorde de time brasileiro finalista em torneios continentais

Tabela
> Veja tabela da Copa do Brasil e simule os próximos jogos

O atacante atingiu a marca no clássico de domingo (11), contra o Corinthians. Nesta quarta-feira (14), busca a vaga na final do maior mata-mata nacional no Maracanã.

Mesmo que carregue o posto de artilheiro da temporada e já se consagre como o quarto maior estrangeiro na artilharia da história do clube, Calleri vive a maior seca de gols do ano.

O argentino soma 53 jogos no ano até aqui, com 20 gols marcados e cinco assistências. Apesar dos bons números, Calleri não amplia sua marca no que diz respeito a bola na rede há sete jogos. A última vez que marcou foi na vitória do São Paulo por 3 a 0 contra o Red Bull Bragantino, pelo Campeonato Brasileiro.

Porém, mesmo em meio a esta fase atípica, não escondeu seu apego com a equipe e se declarou torcedor do Tricolor paulista.

- Eu já falei muitas vezes sobre o carinho que eu tenho pelo São Paulo. Aqui, é a minha casa, onde eu me sinto feliz e onde as pessoas me tratam com muito amor. Me esforcei para voltar ao Brasil e a cada dia que passa me sinto mais e mais adaptado e são-paulino. Sou como um torcedor em campo e jamais deixarei de me dedicar, ao máximo, para retribuir tudo o que o clube e a torcida fazem por mim - disse.

- O São Paulo é um dos maiores clubes do futebol mundial e eu sei que a gente precisa conquistar títulos, porque é isso o que a torcida merece e é isso que o São Paulo se acostumou a fazer durante a sua vitoriosa história. Esse grupo é muito bom e nós estamos trabalhando com muita motivação para recolocar o clube no caminho das conquistas. Estou muito feliz pela marca de 100 jogos, mas, o meu objetivo principal, é ser campeão e, com a ajuda de todos os meus companheiros, irei em busca desse sonho com a mesma garra e o mesmo profissionalismo de sempre - completou.

Com todas estas marcas, Calleri ainda não conquistou títulos pelo clube do Morumbi. Este ano, portanto, há duas grandes chances ainda em questão. Como dito antes, nesta quarta-feira (14), o Tricolor tenta reverter a desvantagem de 3 a 1 contra o Flamengo e buscar avançar na Copa do Brasil - torneio onde nunca ergueu a taça. Além disso, dia primeiro de outubro enfrenta o Independiente Del Valle pela final da Copa Sul-Americana - já vista como grande prioridade para a temporada.

- Na quarta, temos um jogo duro pela frente, um desafio complicado, mas confiamos no nosso grupo e acreditamos que podemos surpreender o Flamengo lá no Maracanã. No mês que vem, também vamos jogar a final da Sul-Americana, um título internacional e que almejamos muito. E ainda tem o Brasileiro, que precisamos voltar a vencer para subir na tabela. São muitos objetivos importantes nessa reta final de temporada - concluiu o argentino.