Presidente do PSG dispara críticas contra o Barcelona

Dono do PSG responde presidente do Real Madrid (Foto: FRANCK FIFE / AFP)


Nasser Al-Khelaifi, presidente do Paris Saint-Germain e da Associação de Clubes Europeus (ECA), criticou a postura do Barcelona de vender seus ativos para enquadras os reforços nas contas do clube. Durante um encontro da ECA, o mandatário comentou as ações dos culés.

- É justo? Não, não é justo. É legal? Não tenho certeza. Se eles permitem agora, outros farão o mesmo. A Uefa, claro, tem os seus próprios regulamentos. Tenho certeza que eles vão olhar tudo.

> Veja a tabela da Copa do Mundo

O dirigente do PSG também comentou sobre sustentabilidade econômica nos clubes da Europa.

- As novas regras de sustentabilidade financeira são um desenvolvimento positivo. Mas temos que ter cuidado. Os níveis perigosos de dívida e os acordos mágicos de capital não são um caminho sustentável.

Na última janela de transferências, o Barcelona anunciou a contratação de sete reforços para a atual temporada. As compras de Jules Koundé, Raphinha e Robert Lewandowski totalizaram um valor acima dos 150 milhões de euros (R$ 771 milhões).