Presidente da Federação Russa de Tênis comemora título de Rybakina em Wimbledon

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente da Federação Russa de Tênis, Shamil Tarpischev, comemorou neste sábado a vitória da cazaque Elena Rybakina na final feminina de Wimbledon, considerando que a jogadora é um "produto" de seu país.

Rybakina, de 23 anos, nasceu em Moscou e em 2018 decidiu competir sob a bandeira do Cazaquistão. Neste sábado, ela foi campeã do Grand Slam sobre grama ao derrotar a tunisiana Ons Jabeur por 2 sets a 1.

Na edição deste ano, a organização de Wimbledon vetou a participação de russos e bielorrussos por conta da invasão à Ucrânia

"É formidável! Muito bem, Rybakina! Ganhamos o torneio de Wimbledon", comemorou Tarpischev, citado pela agência de notícias russa Ria Novosti.

Desde que a jogadora se classificou para a final, ao derrotar na última quinta-feira a romena Simona Halep nas semifinais, o dirigente vinha se mostrando muito empolgado.

"É bom que Elena esteja classificada para a final de Wimbledon, ela é um produto do tênis russo. Com certeza, será melhor se ela ganhar. Vamos apoiá-la", disse Tarpischev.

Rybakina foi treinada em Moscou e na Rússia pelo ex-campeão russo Andrey Chesnokov até se tornar número 3 do mundo na categoria juvenil.

Ela justificou sua escolha de se naturalizar cazaque por considerar que teria mais apoio esportivo e financeiro no país.

bur/dlo/dr/cb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos