Premier League começa com Manchester City e Liverpool mais uma vez favoritos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Liverpool e Manchester City, os dois clubes ingleses hegemônicos nos últimos cinco anos, estreiam como grandes favoritos nesta nova temporada da Premier League, que começa na sexta-feira com o jogo Crystal Palace-Arsenal (16h00, horário de Brasília).

Os 'Reds' visitam o Fulham no sábado (8h30 de Brasília), enquanto os 'Citizens' vão ao London Stadium no domingo para enfrentar o West Ham (12h30).

Como atual campeão, e com o apoio esperado de Erling Haaland, o City mantém uma pequena vantagem de acordo com os observadores.

Esta temporada poderá ter uma mudança na essência do jogo do Manchester City com a chegada de Erling Haaland, que acaba de completar 22 anos. Autor de 85 gols em 88 jogos na Alemanha com o Borussia Dortmund, o artilheiro norueguês tem a responsabilidade de balançar as redes em uma equipe com bons números no ataque nos últimos anos, a ponto de ter sido o melhor ataque dos cinco grandes campeonatos europeus.

No entanto faltou ser mais eficaz em alguns jogos cruciais da Liga dos Campeões, uma competição que Josep Guardiola nunca conseguiu vencer sem Lionel Messi em seu time.

O ataque do Liverpool também não terá muito a invejar do City nesta temporada, tendo marcado apenas cinco gols a menos no ano passado na Premier League (94 contra 99). Os 'Reds' vão se beneficiar especialmente com a chegada de Darwin Núñez, que tem a missão de fazer a torcida esquecer de Sadio Mané, que partiu para o Bayern de Munique.

O primeiro duelo entre as duas equipes, depois da Community Shield conquistada no último sábado pelo Liverpool (3-1), acontecerá no fim de semana de 15 de outubro em Anfield.

- Futuro de CR7 segue indefinido -

Teoricamente, a distância entre as duas equipes e os demais integrantes do chamado 'Big 6' se acentuou. O terceiro time com melhor desempenho nos últimos dez anos, o Chelsea, terá que se reconstruir após um primeiro semestre tenso como resultado da guerra na Ucrânia, que levou à saída forçada de seu proprietário russo Roman Abramovich.

O técnico alemão Thomas Tuchel se mantém no banco e poderá contar com os reforços de Raheem Sterling e Kalidou Koulibaly. E ele precisará garantir que seus meias veteranos (Kante e Jorginho) possam voltar ao seu melhor nível.

O Tottenham de Antonio Conte é levado em conta, mas tem mostrado um perfil relativamente discreto no mercado de transferências no momento, com a chegada do atacante brasileiro Richarlison (por 62 milhões de euros), com apenas 17 gols marcados em 64 jogos em suas duas temporadas no Everton, e os meio-campistas Yves Bissouma e Ivan Perisic.

O efeito da chegada do ex-técnico do Ajax Erik ten Hag será analisado no Manchester United, assim como o futuro de um Cristiano Ronaldo determinado a deixar o clube.

Por sua vez, o Arsenal de Mikel Arteta buscará sua primeira classificação para a Liga dos Campeões em seis anos, para a qual contará especialmente com a chegada do brasileiro Gabriel Jesus vindo do Manchester City.

str/ep/jld/iga/dr/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos