Prefeito de Madri condena cânticos racistas contra Vini Jr

Vini Jr foi alvo de racismo por parte da torcida do Atlético de Madrid (OSCAR DEL POZO / AFP)


José Luis Martínez-Almeida, prefeito de Madri, condenou os cânticos racistas da torcida do Atlético de Madrid para Vini Jr antes e durante o clássico. O político afirmou estar envergonhado pelo comportamento dos colchoneros.

- Não tem cabimento, não apenas em um espetáculo esportivo, mas em qualquer estado de vida. Além disso, é preciso identificar as pessoas que os fizeram (insultos racistas), pois elas não são dignas de entrar (no estádio). Estou envergonhado que os torcedores do Atlético de Madrid foram capazes de proferir insultos racistas ontem.

Mais cedo, a imprensa espanhola havia informado que a La Liga iria realizar uma denúncia contra os cânticos racistas da torcida do Atlético de Madrid. No entanto, a punição ainda não está clara, embora provavelmente ela seja do âmbito econômico.

Durante toda a semana, as comemorações de gols com danças de Vini Jr foi tema de discussão na Espanha. O atleta foi alvo de um insulto racista durante um programa de TV, e publicou um comunicado condenando as aspas de Pedro Bravo, presidente da Associação de Empresários de Jogadores.