Precisando vencer rápido, Buffa vê luta com Cappelozza como disputa de cinturão

Buffa também terá o relógio como adversário nesta sexta (Foto: divulgação)


De volta ao cage da PFL nesta sexta, Matheus Buffa precisa nocautear ou finalizar o atual campeão, Bruno Cappelozza, ainda no primeiro round, para continuar com chances de avançar à próxima fase do GP dos pesos pesados.

"Vencer ele me coloca entre os melhores pesos pesados do mundo, estou levando a luta como uma disputa de cinturão ‘fake’. Ele é agressivo assim como eu sou, acredito que será uma das melhores lutas já vistas dentro da PFL", projeta.

A necessidade da vitória rápida se dá por conta do sistema da PFL. Vencer no primeiro round rende 6 pontos. Buffa ainda não pontuou. O 4º do ranking tem 5 pontos. O brasileiro precisa vencer e torcer contra Klidson Abreu e Anti Delija para avançar.

"Realmente, para eu me manter vivo no GP, eu preciso ganhar a luta no primeiro round, essa é a regra do jogo; mas eu não posso me prender a isso. Eu vou para ganhar a luta, não posso me prender ao primeiro round", afirma o atleta da CM System.

Parceiro de Buffa tenta cinturão nesta sexta

No mesmo dia, um companheiro de treinos de Matheus Buffa faz uma disputa de cinturão oficial. O peso médio Geraldo "Luan Santana" enfrenta Índio Quintella valendo o título interino da divisão no Iron Man, em Belém.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos