Possível saída de Paquetá do Lyon pode render valor milionário ao Flamengo

Paquetá pode deixar o Lyon nesta janela de transferências (Foto: PHILIPPE DESMAZES / AFP)


Enquanto busca reforços para o restante da temporada, o Flamengo pode receber uma boa notícia diretamente da Europa. Caso Lucas Paquetá seja negociado pelo Lyon nesta janela de transferências, o clube rubro-negro, como formador do atleta, terá direito a um valor milionário para ampliar as receitas do segundo semestre.

+ Wendel na mira do Fla: veja sul-americanos vinculados a clubes da Rússia e Ucrânia

Após grande temporada no Lyon, Lucas Paquetá desperta o interesse de gigantes europeus e vê com bons olhos uma transferência. De acordo com a imprensa europeia, o Arsenal é um dos possíveis clubes interessados pelo meia brasileiro e o Lyon espera negociá-lo por, no mínimo, 65 milhões de euros (R$ 350 milhões).

Por meio do mecanismo de solidariedade da Fifa, o Flamengo tem direito a 4% do valor de qualquer transferência internacional de Paquetá. Dessa forma, caso o Lyon consiga vender o camisa 10 pelo valor desejado, o Rubro-Negro receberia 2,6 milhões de euros (cerca de R$ 14 milhões).

Vale lembrar que, quando Paquetá trocou o Milan pelo Lyon, em setembro de 2020, o Flamengo recebeu 800 mil euros (R$ 5,3 milhões na cotação da época) pelo mecanismo de solidariedade. O brasileiro custou 20 milhões de euros aos cofres do clube francês.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os resultados

Entenda a situação de Paquetá no Lyon

Paquetá iniciou recentemente a pré-temporada com o Lyon, mas dificilmente jogará pelo clube nesta temporada. Jean-Michel Aulas, presidente do clube francês, admitiu que o Lyon recebeu ofertas pelo meia e destacou a influência do desejo do jogador nessa questão.

– Há propostas por ele. Há um certo número e jogadores que se sentem completamente no projeto, e outros que não. Para Lucas, obviamente o tema (transferência) surgiu, e estamos avaliando. O técnico deu sua opinião e há também o desejo dos jogadores – disse Aulas, à imprensa francesa.

O técnico Peter Bosz também comentou sobre a situação do camisa 10 brasileiro:

– Há o jogador, que é uma parte muito importante na história, o treinador, o clube, e os outros clubes. É sempre um jogo entre diferentes partes. Lucas é um ótimo jogador, mas depende do que o jogador quer. Eu tive uma conversa com ele, mas isso vai ficar só entre a gente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos