Política pode afetar os planos dos indianos para a Copa do Mundo

Torcedores indianos podem ser impedidos de ir ao Catar para acompanhar a Copa do Mundo. Foto: Izhar Khan/NurPhoto via Getty Images
Torcedores indianos podem ser impedidos de ir ao Catar para acompanhar a Copa do Mundo. Foto: Izhar Khan/NurPhoto via Getty Images

Os fãs de futebol indianos que desejam fazer parte da Copa do Mundo da FIFA 2022 no Catar podem ter que abandonar seus planos, já que o governo anfitrião está analisando se deve processar seus pedidos depois que um porta-voz do Partido do Povo Indiano (BJP) fez comentários depreciativos sobre o profeta Muhammad.

A questão veio à tona quando o pedido de acomodação de um fã de futebol indiano durante a Copa do Mundo foi rejeitado pelo Catar.

Leia também:

Ao perguntar por e-mail, o torcedor foi informado de que o governo do Catar está em processo de decidir se permite ou não a reserva do país devido aos “eventos recentes”.

Os ecos das observações depreciativas do porta-voz do partido BJP, Nupur Sharma, em um recente debate no canal de notícias foram ouvidos no Oriente Médio, com países islâmicos, incluindo o Catar, emitindo condenações.

O Catar exigiu um “pedido de desculpas público” do governo indiano. Após a indignação, o BJP suspendeu no último domingo seus dois líderes que fizeram comentários incendiários contra o profeta Muhammad na televisão e nas mídias sociais.

Essa não é a primeira polêmica envolvendo torcedores que pretendem acompanhar a Copa do Mundo ao vivo. No início de maio, uma pesquisa realizada pelos canais SVT Sport, da Suécia, NRK, da Noruega, e DR, da Dinamarca, comprovou que homossexuais terão dificuldade para se hospedarem no país durante a competição.

A justificativa dessas hospedagens são as leis do país, onde a homossexualidade pode levar até sete anos de prisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos