Pogba mantém "cabeça erguida" após cirurgia, apesar de "todos os problemas"

O meia francês Paul Pogba, cuja participação na Copa do Mundo de 2022 está em dúvida após passar por cirurgia no joelho direito, disse nesta terça-feira que mantém a "cabeça erguida" apesar da lesão e do processo judicial em que está envolvido contra alguns membros de sua família.

"Mentalmente estou bem, apesar da lesão e todos os problemas, mantenho a cabeça erguida", declarou Pogba em um vídeo publicado em sua conta no Instagram.

"Graças a Deus a operação foi muito bem. Vamos recuperar e voltar muito, muito em breve", acrescentou o jogador, que segundo a imprensa italiana precisará de dois meses de recuperação, prazo que lhe permitiria voltar a tempo do Mundial (de 20 de novembro a 18 de dezembro).

No início de novembro, o técnico da seleção da França, Didier Deschamps, deverá divulgar a lista de convocados para a Copa do Mundo.

A lesão chega em um momento pessoal complicado para Pogba, envolvido em um processo judicial depois de ter denunciado que foi vítima de uma chantagem por parte de alguns amigos de infância e dois homens encapuzados armados, que exigiam ajuda financeira e tentaram extorqui-lo.

O jogador declarou que reconheceu entre os chantagistas seu irmão Mathias, que em um vídeo publicado em suas redes sociais prometeu fazer "grandes revelações" sobre o meia da Juventus.

alu/mcd/psr/cb