Pochettino está perto de deixar o comando do PSG, diz mídia francesa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O técnico do Paris Saint-Germain, Mauricio Pochettino, deve deixar o cargo esta semana, anunciaram os jornais L'Équipe e Le Parisien, que informaram ainda que uma reunião foi realizada nesta terça-feira entre os advogados do clube e o treinador para acertar os termos da rescisão do contrato do argentino.

A saída de Pochettino parece iminente e poria fim a semanas de rumores sobre o futuro do técnico no comando do time parisiense após uma temporada em que venceu a Ligue 1, mas sofreu a decepção na Europa ao ser eliminado pelo Real Madrid nas oitavas de final.

A despedida do argentino deve custar caro para o clube parisiense: entre 15 e 20 milhões de euros, segundo os dois jornais, correspondentes aos salários do argentino e de sua comissão técnica, cujos contratos expiram em 2023.

Se a saída de Pochettino for confirmada, ela se seguirá à despedida do diretor esportivo Leonardo, demitido no dia 22 de maio e substituído pelo português Luis Campos.

Essas mudanças responderiam à vontade dos donos do PSG do Catar de mudar a estrutura esportiva antes de embarcar na remodelação da equipe.

Pochettino, ex-jogador do PSG de 2001 a 2003, chegou ao clube parisiense no meio da temporada do ano passado para substituir Thomas Touchel, mas em um ano e meio sua equipe não conseguiu conquistar a torcida com seu futebol, apesar de ter jogadores de classe mundial como Lionel Messi, Kylian Mbappé e Neymar.

Caso Pochettino saia, Zinedine Zidane, atualmente sem time, e o técnico do Nice, Christophe Galthier, são os favoritos para sucedê-lo.

rbo/mdm/mcd/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos