Pessimismo toma conta do Corinthians sobre futuro de Vítor Pereira e divide opiniões

Vítor Pereira é o técnico do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Ag,Corinthians)


Publicamente, o técnico Vítor Pereira já deixou claro que a decisão sobre ficar, ou não, no Corinthians no ano que vem só será tomada após o fim desta temporada. Ainda assim, internamente esse impasse tem gerado incertezas, e parte das pessoas do clube crêem que a postura indica que o profissional não seguirá no Timão em 2023.

+ Manto do Corinthians: veja os modelos finalistas para quarta camisa do Timão em 2023

Mesmo diante deste cenário, a direção corintiana permanece confiando que VP ficará, pois preza pela relação que português tem com os principais representantes do futebol do alvinegro, o presidente Duílio Monteiro Alves, o diretor Roberto de Andrade, e o gerente Alessandro Nunes, especialmente com o primeiro.

A diretoria da equipe do Parque São Jorge não atacará o mercado em busca de um outro técnico até receber a resposta definitiva de Vítor Pereira. Estima-se que os homens fortes do futebol corintiano receberão o retorno sobre o futuro do treinador antes do fim do Brasileirão, a fim de terem mais tempo para planejar o ano que vem do Timão.

Caso o Corinthians se classifique para a final da Copa do Brasil, essa conversa só acontecerá depois da decisão, que tem o jogo de volta marcado para o dia 19 de outubro. Agora, em um cenário onde o Time do Povo seja eliminado para o Fluminense, nesta quinta-feira (15), pela segunda partida da semifinal, a tendência é que a direção alvinegra seja informada até o fim deste mês.

Mesmo com a relação de VP com os principais nomes do futebol corintiano sendo muito boa e que neste momento não haja problemas do português com atletas ou outras pessoas do clube, como já existiu com algumas peças, como, por exemplo, o lateral Fagner e o atacante Róger Guedes, a permanência do treinador para o ano que vem não é tratada como unanimidade.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Segundo levantado pelo LANCE!, há pessoas no Corinthians que acreditam que a saída de Vítor Pereira, e consequente chegada de um novo treinador, pode fazer bem para o elenco, e que um profissional diferente pode extrair um pouco mais, tanto do elenco, quanto de algumas peças individualmente.

Após o empate em 1 a 1 no clássico contra o São Paulo, no último domingo (11), pelo Campeonato Brasileiro, Vítor voltou a destacar que só conversará sobre permanência ou saída do Corinthians no momento oportuno. Ele também reiterou foco no trabalho até o fim da temporada e que não consome informações sobre o seu futuro através da imprensa.

- Vítor Pereira está de alma e coração no Corinthians, a dar o melhor de si, eu e o meu estafe, que não só de portugueses, mas também brasileiros, gente de qualidade, gente boa. E estamos a dar o melhor de nós para conseguirmos os melhores resultados possíveis. Relativamente ao que dizem, não tenho ouvido e lido nada. Então, mantenho a mesma direção. Antes mesmo de chegar aqui fui muito claro com o presidente que na altura certa conversaremos - disse o treinador corintiano.

Caso se confirme a saída de Vítor Pereira do Corinthians, após o fim desta temporada, nada terá a ver com a relação entre o profissional e o clube, mas, sim, questões familiares, já que o treinador está longe da sua família, que permanece em Portugal e não pode se mudar para o Brasil por conta de um problema de saúde vivenciado pela sogra de Vítor.