Pesquisa Ipec: Romário mantém ampla vantagem na corrida pelo Senado no Rio, e segundo lugar segue embolado

Pesquisa Ipec divulgada na noite desta terça-feira aponta que o senador Romário (PL) continua com vantagem confortável na liderança da disputa por uma vaga ao Senado pelo Rio. Agora com 32%, o ex-jogador oscilou dois pontos para cima em relação à pesquisa Ipec divulgada na semana passada, na série contratada pela TV Globo. Na segunda colocação, Clarissa Garotinho (União) agora aparece numericamente à frente de Alessandro Molon (PSB); ambos empatam tecnicamente entre si e com outros três candidatos. A margem de erro é de três pontos.

Molon passou de 8% obtidos na pesquisa anterior, divulgada na semana passada, para 7% neste levantamento, enquanto Clarissa foi de 5% para 8%, em oscilação positiva no limite da margem de erro. Cabo Daciolo (PDT) e André Ceciliano (PT) aparecem com 7%. Daniel Silveira (PTB), que teve sua candidatura indeferida nesta terça pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ), registrou 6% das intenções de voto.

Os entrevistados que pretendem votar em branco ou nulo são 12%; eram 21% na rodada anterior de pesquisas do Ipec. Outros 16% não souberam ou não quiseram responder. Os candidatos Helvio Costa (DC), Bárbara Sinedino (PSTU), Raul (UP), Hermano Leme (PCO) e Sued Haidar (PMB) têm 1% cada. Itagiba (Avante) e Hiran Roedel (PCB) não chegaram a 1%.

O Ipec entrevistou presencialmente 1.504 eleitores do estado entre os dias 3 e 6 de setembro. A margem de erro é estimada em três pontos percentuais. O levantamento está inscrito no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo RJ-01599/2022.