Perto de 'gás final' no Brasileirão, Palmeiras vive maior jejum de vitórias em um ano

Palmeiras busca o último gás para tentar conquistar o título do Brasileirão (Foto: Alex Silva / Lancepress!)


O Palmeiras está mudando a sua chave depois de ser eliminado da Libertadores pelo Athletico-PR. Agora o foco é total no Brasileirão, no qual é líder. O que preocupa, no entanto, é que o empate na última terça-feira foi o quinto jogo consecutivo sem vencer, justamente no momento do "gás final" no campeonato, que está no último terço.

GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Faz quase um ano que o Verdão não tem uma sequência tão ruim quanto esta atual. Entre 21 de setembro e 12 de outubro de 2021, o time de Abel Ferreira ficou sete partidas sem vitória. O triunfo voltou a acontecer somente em 17 de outubro, contra o Internacional, no Allianz Parque. Foram quatro empates e três derrotas no período.

Neste momento, o Alviverde está há cinco jogos sem comemorar os três pontos. São quatro empates (Flamengo, Fluminense, Red Bull Bragantino e Athletico-PR) e uma derrota (Athletico-PR). O último resultado positivo aconteceu em 13 de agosto, diante do Goiás, pelo Brasileirão. Ou seja, faz quase um mês que o Palmeiras não vence.

E isso acontece justamente no momento em que o Brasileirão caminha para seu terço final, restando 13 rodadas para terminar. Em um campeonato que premia a consistência das equipes, o Verdão é colocado à prova para se recuperar rapidamente desta fase e voltar a vencer. Por isso o motivo do termo "sprint final", que é usado para os corredores que dão o "último gás" próximos da linha de chegada.

Sem a Libertadores para se preocupar, o elenco se dedicará integralmente ao torneio nacional, no qual o Alviverde é o maior vencedor com dez títulos. Atualmente, a diferença para o Flamengo, segundo colocado, é de sete pontos, ou seja, seriam necessárias três rodadas para perder a liderança em caso de tudo dar errado.

Por isso, o discurso de Abel Ferreira e do elenco são bem claros neste momento: serão disputadas 13 finais em busca de mais um título para esta fase vitoriosa do clube. Com exceção do Mundial e da Supercopa do Brasil, é a taça que falta, entre as possíveis, para o técnico português em sua passagem pelo futebol brasileiro.

- Vamos para casa descansar e temos 13 finais até o fim, com essa atitude, 13 finais até o fim, isso que você precisam ter na cabeça, cada um de nós em seu departamento, dar o melhor de si. "Ah, agora é obrigatório". Só temos uma obrigação, eu só tenho uma obrigação, a única coisa que lhes peço é cada um dar o melhor que sabe e que pode dentro de sua função. Não lhes peço mais nada. Essa é a nossa única obrigação enquanto equipe - disse Abel após a eliminação.

O Palmeiras volta a campo neste sábado, às 21h, quando recebe o Juventude, no Allianz Parque, pela 26ª rodada do Brasileirão-2022. O elenco retorna aos treinamentos nesta quinta-feira, às 11h.