Pela segunda vez seguida, Athletico precisa buscar classificação nos minutos finais

Furacão após gol marcado contra o Bahia (José Tramontin/athletico.com.br)


Depois de obter uma importante vantagem no compromisso de ida contra o Bahia, pela Copa do Brasil, o Athletico se viu novamente em dificuldade na disputa de um mata-mata ao sofrer o gol logo aos quatro minutos em confronto da última terça-feira (12).

>Confira os reforços mais caros da janela na Europa

Assim como ocorreu na Libertadores, frente ao Libertad, os comandados de Luiz Felipe Scolari se viram em problemas após vencer o primeiro compromisso e precisarem "correr contra o tempo" para evitar o prolongamento da eliminatória.

Porém, diferente do que ocorreu em Assunção, o Bahia chegou a criar oportunidades concretas de fazer o segundo tento, algo que classificaria diretamente o time de Salvador para as quartas de final.

Um dos pontos constantemente apontados na passagem de Felipão, o volume reduzido por jogo de oportunidades quando o Athletico precisa ser mais agressivo no campo de ataque voltou a aparecer na Arena, deixando o confronto com claro contorno de nervosismo até a reta final. E, da mesma forma que na competição continental, os minutos finais acabaram rendendo frutos com Erick e Rômulo confirmando a vaga do Furacão.

Antes de pensar na próxima sequência eliminatória (diante do Estudiantes, nas quartas da Libertadores), o Athletico-PR fará quatro partidas no Campeonato Brasileiro. Além de receber Internacional, Atlético-GO e São Paulo na Baixada, o rubro-negro viaja até o Rio de Janeiro em visita ao Botafogo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos