Paulo Sousa é cotado para assumir a Juventus

Depois de seu trabalho sem sucesso no Flamengo, Paulo Sousa pode assumir o comando da Juve.
Depois de seu trabalho sem sucesso no Flamengo, Paulo Sousa pode assumir o comando da Juve. Foto: (MB Media/Getty Images)

Vivendo dias difíceis dentro de campo, a Juventus, que não vence há cinco partidas, pode estar perto de trocar de técnico e Paulo Sousa, um nome bem conhecido do futebol brasileiro surge como um possível substituto ao italiano Massimiliano Allegri, que treina a Velha Senhora desde maio de 2021, quando retornou ao comando do clube após a demissão de Andrea Pirlo.

O treinador português, que não teve o sucesso esperado comandando o Flamengo, atuou como jogador da Juventus entre os anos de 1994 e 1996 e seu rendimento no clube italiano foi positivo. À época, Paulo Sousa participou das conquistas da Liga dos Campeões da Europa de 1995/1996, além do Campeonato Italiano, a Copa da Itália e a Supercopa da Itália.

Leia também:

Mesmo que a saída de Allegri não seja algo certo, sua condição no comando do vestiário do clube alvinegro não é nada boa. Tendo a data-FIFA agora, que paralisa as competições nacionais, meios de comunicação da Itália colocam como o momento ideal para que os dirigentes da Juventus tomem a decisão de demitir o atual treinador e buscarem outro para seu lugar.

Sem comandar uma equipe desde que deixou o Flamengo, no dia 9 de junho deste ano, Paulo Sousa chegou a ser consultado pelo Olympiacos, da Grécia, que contratou os ex-Real Madrid Marcelo e James Rodríguez, para ocupar o cargo de treinador do time principal, mas as negociações não evoluíram e o técnico português continuou sem assumir nenhum trabalho até o exato momento. Paulo Sousa já treinou clubes italianos na sua carreira: entre os anos de 2015 e 2017, esteve à frente da Fiorentina.