Paulo André exibe ataques racistas contra ele e filho de 1 ano


O velocista e ex-participante do reality Big Brother Brasil, Paulo André expôs ataques racistas contra ele e o filho de 1 ano, que também se chama Paulo André, mais conhecido como de Peazinho.

+ Quem leva a Champions League 22/23? Veja o Favoritômetro do LANCE!

O crime teria acontecido após a festa de aniversário do menino, na última quarta-feira, dia 31. Peazinho, fruto do relacionamento do atleta com Thays Andreata, completou seu primeiro ano de vida.

Ao postar registros da festa, Paulo André recebeu diversas mensagens de racistas.

- Vou apresentar um pouquinho do meu direct pra vocês que estão dizendo que não é necessário - escreveu ele no Twitter, expondo prints.

- Nossa, que ótima ideia: selva. Já tinha o macaco e o sagui - escreveu um racista.

Paulo André - racismo
Paulo André - racismo

Velocista exibiu os ataques racistas (Foto: Reprodução/Instagram)

+ Ao lado de Gabigol, Paulo André se irrita após ser chamado de ex-BBB

RACISMO É CRIME

O crime de injúria racial está presente no parágrafo 3º do artigo 140 do Código Penal, que prevê uma forma qualificada para o crime de injúria, na qual a pena é maior e não se confunde com o crime de racismo, previsto na Lei 7716/1989.