Partida da Laver Cup é interrompida após manifestante colocar fogo no braço

Um manifestante acende fogo na quadra da O2 Arena, em Londres, em partida da Laver Cup.Reuters/Andrew Boyers

(Reuters) - Um homem correu para dentro da quadra da O2 Arena, em Londres, e incendiou seu próprio braço nesta sexta-feira, em protesto contra o uso de jatos particulares no Reino Unido, interrompendo brevemente a partida da Laver Cup entre Stefanos Tsitsipas e Diego Schwartzman.

A equipe de segurança agiu rapidamente para arrastar o homem para fora da quadra, antes do jogo recomeçar após uma rápida verificação da superfície, que não foi danificada durante o incidente bizarro.

A imprensa britânica informou que o manifestante era membro do grupo End UK Private Jets, que afirma que "as emissões de carbono em 2022 são genocídio".

Tsitsipas venceu a partida por dois sets a zero, 6-2 e 6-1, para dar à equipe Europa uma vantagem de 2x0 sobre o time do Resto do Mundo na competição, depois que Casper Ruud derrotou Jack Sock por dois sets a um, 6-4, 5-7 e 10-7.

O suíço Roger Federer deve entrar em quadra no final do dia para a última partida final de sua carreira, na qual o jogador de 41 anos vai se unir ao grande rival Rafael Nadal para enfrentar a dupla americana Jack Sock e Frances Tiafoe.

(Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bengaluru)