Para encostar no G4, Fluminense busca voltar a vencer no Brasileirão e quebrar tabu no Alfredo Jaconi

Fluminense tenta voltar a vencer no Brasileirão depois do revés no clássico carioca (Mailson Santana/FFC)


Depois de perder o clássico, o Fluminense terá pela frente um jogo fora de casa, contra o Juventude, neste domingo, às 11h, pela nona rodada do Brasileirão. No entanto, para voltar a vencer, o time terá que ser mais eficiente nas finalizações e quebrar o tabu de 17 anos sem vencer o adversário no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Diante do Flamengo, no último final de semana, o Tricolor teve uma boa atuação e, na etapa final, conseguiu controlar as ações e incomodar o rival. Faltou, porém, ser mais letal na frente, apesar da grande atuação do goleiro Hugo Souza. Com mais volume, o time perdeu uma grande oportunidade de pontuar e encostar nos líderes.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

Neste domingo, os comandados de Fernando Diniz terão que confirmar os bons números longe de seus domínios para voltar a vencer no Brasileirão. Com duas vitórias, um empate e uma derrota, fora de casa, cabe ao Fluminense impor seu ritmo de jogo e vencer um adversário, que encontra-se na zona de rebaixamento.

Vale destacar que tabu não entra em campo, porém existe no universo dos esportes, e os jogadores têm de lidar com tranquilidade quando ele aparece. Historicamente, os cariocas sempre tiveram muitas dificuldades em atuar em Caxias do Sul. Na campanha do título da Copa do Brasil dos gaúchos, em 1999, o Tricolor sofreu uma goleada por 6 a 0, no estádio.

+ Wellington celebra sequência como titular no Fluminense: 'Meu objetivo é fazer história no clube'

A última e única vitória do Fluminense no Alfredo Jaconi aconteceu há dezessete anos. Em 2005, um fato curioso fez com que ambas as equipes se enfrentassem duas vezes no Estádio em uma mesma edição de Brasileirão. Isso aconteceu devido ao escândalo da manipulação de resultados envolvendo o ex-árbitro Edílson Pereira de Carvalho

No primeiro jogo, os gaúchos venceram por 2 a 0. Com uma nova oportunidade de tentar quebrar o tabu, os cariocas voltaram a ter dificuldade, mas venceram com gols de Adriano Magrão, duas vezes, Lenny e Petkovic. Em um jogos disputado, o sérvio só balançou a rede aos 47 do segundo tempo quebrando o longo e incomodo jejum.

Desde então, Tricolor só atuou no estádio em 2006, 2007 e 2021, quando o adversário voltou à Série A. Com isso, foram dois empates (1 a 1 e 0 a 0) e uma derrota na temporada passada por 1 a 0. O Juventude tem seis triunfos, cinco empates e a apenas um revés contra os cariocas no Jaconi, com 24 gols marcados e 12 sofridos.

+ 'Identificado' com Diniz, Caio Paulista ganha minutos no Fluminense e vira aposta de versatilidade

Caso conquiste o triunfo, o Tricolor chegará aos 14 pontos e estará embolado próximo ao G4. O intuito é não deixar o pelotão de frente se distanciar para conseguir novamente a classificação para a Copa Libertadores no fim da temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos