Palmeiras vivia cenário diferente na última visita ao Nilton Santos no Brasileirão

Palmeiras vivia cenário diferente do atual no último jogo no Nilton Santos (Foto: Divulgação/Botafogo)


Nesta segunda-feira, o Palmeiras enfrenta o Botafogo, às 20h, no Nilton Santos-RJ, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na última vez que visitou o estádio carioca, o Verdão vivia um cenário completamente diferente dos dias atuais.

> Relembre os jogos da invencibilidade do Palmeiras fora de casa no Brasileirão

Em outubro de 2020, a equipe até então comandada por Vanderlei Luxemburgo começava a ter uma sequência ruim no campeonato daquele ano.

Pela 14ª rodada, a derrota para o Glorioso com gols de Pedro Raul, hoje no Goiás, e Caio Alexandre, além do tento de honra de Willian Bigode, atual atacante do Fluminense, marcou a queda do treinador duas partidas depois.

O treinador Abel Ferreira foi anunciado um mês depois, em novembro. E chegou colocando ‘ordem na casa’, vencendo cinco títulos até então, sendo eles o bicampeonato da Libertadores, um Paulistão, uma Copa do Brasil e uma Recopa Sul-Americana.

> Confira a tabela completa e simulador do Brasileirão!

O time alviverde ainda não tinha o ídolo Dudu, que defendia o futebol árabe, Danilo ainda não era dono absoluto da posição e Gustavo Scarpa ocupava um dos bancos da equipe.

Já Weverton e Gustavo Gómez não entraram em campo naquela oportunidade, pois defendiam suas respectivas Seleções (Brasileira e paraguaia). Agora, por outro lado, ambos já retornaram dos serviços e estarão à disposição.

A maior semelhança com os dias atuais é que, naquela ocasião, o Palmeiras também defendia a marca de melhor campanha como visitante do Brasileirão. Na atual temporada, foram 13 jogos longe de seus domínios, sendo seis vitórias e seis empates.

Hoje o Verdão é líder da competição com 60 pontos, sete à frente do Internacional, atual segundo colocado. O clube ostenta também o melhor ataque (45) e a defesa menos vazada (19) da competição.