Palmeiras 'vira a chave' e treina de olho na semifinal da Libertadores

Palmeiras treinou na Academia poucas horas depois de voltar do Rio de Janeiro (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


Depois de empatar com o Fluminense por 1 a 1 no último sábado, no Maracanã, pelo Brasileiro, o Palmeiras retornou em seguida para São Paulo e treinou já na manhã deste domingo, em preparação ao duelo desta terça-feira, com o Athletico-PR, às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela partida de ida da semifinal da Libertadores.

GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Os titulares que atuaram na capital carioca fizeram trabalhos regenerativos na parte interna do centro de excelência. Alguns deles, inclusive, dormiram na Academia de Futebol, pois a delegação alviverde chegou no início da madrugada. O restante foi a campo e realizou trabalhos técnicos sob o comando da comissão de Abel.

Mesmo com o curto espaço entre um duelo e outro, o Verdão deve enfrentar o Furacão com força máxima, exceto por Danilo e Gustavo Scarpa, suspensos pela expulsões diante do Atlético-MG. Gabriel Menino deve ser o escolhido para a posição de volante, e a dúvida fica para o substituto do meia. López, Wesley e Bruno Tabata são os candidatos. A definição virá nesta segunda-feira, antes da viagem.

O provável time titular do Alviverde deve ser: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Gabriel Menino, Zé Rafael e Raphael Veiga; Dudu, Rony e López (Wesley ou Bruno Tabata).

Apesar da diminuição dos casos de Covid-19 e da flexibilização das medidas de restrição por conta da pandemia, o Verdão ainda não liberou a presença de jornalistas nos treinamentos. Assim, as informações são fornecidas pela assessoria de imprensa do clube.

O elenco treina nesta segunda, às 11h, e na sequência, embarca para a capital paranaense. Atual bicampeão da Libertadores, o Verdão protagonizou a melhor campanha de todos os tempos na primeira fase da competição, com seis vitórias em seis jogos, 25 gols marcados e apenas três sofridos. Nas oitavas, o Verdão eliminou o Cerro Porteño-PAR e, nas quartas, passou pelo Atlético-MG nos pênaltis.