Palmeiras vai romper marca milionária de bilheteria em 2022 contra o Cerro Porteño

Palmeiras pede que torcedores cheguem cedo para assistirem ao show de luzes (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)


Apesar da derrota no último sábado, o Palmeiras vive uma excelente fase e tem atraído público suficiente para manter o Allianz Parque praticamente lotado em todos os jogos. E quanto mais gente no estádio, maior a renda acumulada pelo clube com bilheteria. Até aqui, em metade da temporada, já são quase R$ 40 milhões arrecadados e essa marca será batida na próxima quarta-feira.


GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA

> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Até aqui, o Verdão fez 22 jogos como mandante: 20 no Allianz e dois na Arena Barueri. Somando todas as rendas brutas dessas partidas, chegamos ao valor de R$ 38.502.730,55. Isso dá uma média de R$ 1.750.124,12 por duelo, ou seja, com a casa cheia diante do Cerro Porteño, a arrecadação total passará facilmente dos R$ 40 milhões nesta quarta. A expectativa é de renda superior aos R$ 2,5 milhões.

Se pegarmos apenas os jogos no Allianz Parque, teremos um acumulado de R$ 37.181.373,18, que resulta em uma média de R$ 1.859.068,66 por jogo. As duas partidas em Barueri somadas renderam menos de R$ 1,4 milhão. Uma foi o clássico contra o Corinthians pelo Brasileirão (R$ 908.427,73) e a outra foi diante da Juazeirense, pela terceira fase da Copa do Brasil (R$ 412.929,64).

No Paulistão, juntando os nove jogos que o Palmeiras fez como mandante, a arrecadação total foi de R$ 14.289.825,95, lembrando que na final do campeonato, diante do São Paulo, o Allianz Parque não estava 100% liberado por conta da montagem de um palco para um show que haveria no estádio durante a semana seguinte. Mesmo assim, foi a maior renda bruta do ano com R$ 2.772.491,62.

Já na Recopa, na decisão com o Athletico-PR, a renda foi de R$ 2.562.317,30, a terceira maior do Verdão na temporada 2022. Nos três jogos da fase de grupos da Libertadores, o clube acumulou R$ 5.482.005,60, valor que irá aumentar nesta quarta-feira na partida diante do Cerro, que já tem mais de 36,2 mil ingressos vendidos.

Por fim, no Brasileirão, somando a arrecadação de todos os oito jogos como mandante, o Alviverde acumulou R$ 15.755.652,06. A média por partida é de R$ 1.969.456,51. Se esse índice se mantiver até o fim da competição, em que restam 11 partidas em casa, o Palmeiras vai arrecadar cerca de R$ 21,6 milhões a mais.

Foi no Campeonato Brasileiro que o Verdão teve sua segunda maior arrecadação da temporada até aqui, no empate em 0 a 0 com o Atlético-MG, no Allianz Parque. A renda bruta naquela tarde de domingo foi de R$ 2.701.274,45. O duelo, aliás, entrou também para o Top 5 de maiores públicos do estádio, com 40.235 pagantes.

Confira os números citados acima expostos abaixo:

Paulistão - R$ 14.289.825,95
Libertadores - R$ 5.482.005,60
Recopa - R$ 2.562.317,30
Brasileirão - R$ 15.755.652,06
Copa do Brasil - R$ 412.929,64
TOTAL - R$ 38.502.730,55

Top 3 maiores rendas do Palmeiras em 2022:

1) Palmeiras 4 x 0 São Paulo - Final Paulistão - R$ 2.772.491,62
2) Palmeiras 0 x 0 Atlético-MG - Brasileirão - R$ 2.701.274,45
3) Palmeiras 2 x 0 Athletico-PR - Recopa - R$ 2.562.317,30

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos