Palmeiras terá sua nona chance de reverter mata-mata no Allianz Parque; relembre histórico

Palmeiras reverteu vantagem para ficar com o título paulista de 2022 no Allianz Parque (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


O Palmeiras faz o "jogo do ano" nesta terça-feira, no Allianz Parque, quando recebe o Athletico-PR para buscar uma vaga na final da Libertadores. A tarefa não é fácil, já que na ida da semifinal, em Curitiba, o Verdão foi derrotado por 1 a 0 e precisará reverter o placar para se classificar. Será a nona vez em que o Alviverde tentará a "remontada" no estádio. Histórico, porém, não é favorável ao clube.

GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Nas oito oportunidades em que o Palmeiras chegou no Allianz Parque precisando superar uma derrota no jogo de ida de um mata-mata, apenas em três a equipe saiu com a vaga ou com o título. Nas outras cinco vezes, o adversário conseguiu manter a vantagem conquistada e levou a melhor pela classificação, incluindo em Copa Libertadores.

O histórico desse quesito no Allianz Parque começou positivamente. Foram dois confrontos pela Copa do Brasil-2015 em que o Verdão precisou reverter uma vantagem. Primeiro na semifinal, quando perdeu fora de casa para o Fluminense por 2 a 1 e depois devolveu o placar em casa, levando a decisão para os pênaltis, que venceu por 4 a 1. Depois, contra o Santos, na final, quando perdeu por 1 a 0, na Vila, venceu por 2 a 1 no Allianz, e levou o título nos pênaltis (4 a 3).

Dali em diante, as coisas passaram a ficar mais complicadas. No ano seguinte, nas quartas de final da Copa do Brasil-2016, o Alviverde foi derrotado pelo Grêmio por 2 a 1 em Porto Alegre, mas depois, no Allianz Parque conseguiu apenas um empate em 1 a 1, deixando a vaga para o clube gaúcho, que terminou conquistando o título.

Em 2017, pela semifinal do Campeonato Paulista, o Palmeiras perdeu por 3 a 0 para a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. Na volta, no Allianz Parque, precisando de uma goleada, o time conseguiu apenas uma vitória simples por 1 a 0 e, favorito, foi eliminado da competição.

No mesmo ano, mais tarde, pelas oitavas de final da Libertadores, o Alviverde enfrentou o Barcelona-EQU, fora de casa, e foi derrotado por 1 a 0. Na volta, no Allianz, a equipe até conseguiu vencer por 1 a 0 e levar para os pênaltis, mas aí a derrota veio por 5 a 4. Mais um vez, mesmo favorito, o clube acabou eliminado precocemente em casa.

Já em 2018, novamente pela Libertadores, o Palmeiras tinha um desafio e tanto na semifinal ao enfrentar o Boca Juniors-ARG. Apesar de favorito, foi derrotado por 2 a 0 na Bombonera, e voltou para o Allianz Parque precisando de uma grande vitória, mas conquistou apenas um empate em 2 a 2, insuficiente para a classificação.

A sequência ruim dessas "remontadas" foi interrompida somente em 2022 na final do Paulistão. Jogando no Morumbi, contra o São Paulo, o Verdão foi derrotado por 3 a 1 e precisaria de um grande placar para ficar com o título. O objetivo foi alcançado e o time de Abel Ferreira goleou o rival por 4 a 0, levantando a taça do estadual.

No entanto, a boa fase demorou pouco, uma vez que ainda neste ano, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Alviverde novamente se deparou com o São Paulo. No Morumbi, derrota por 1 a 0 e, no Allianz, vitória por 2 a 1 com polêmica de arbitragem. Nos pênaltis, porém, os palmeirenses perderam por 4 a 3 e foram eliminados.

Agora, diante do Athletico-PR, será a nona vez em que o Palmeiras precisa reverter uma vantagem no Allianz Parque. Trata-se de uma chance para diminuir o placar de 5 a 3 para os "fracassos". Se quiser garantir o quarto êxito nesse histórico ainda no tempo normal, o Verdão precisará vencer por dois ou mais gols de diferença. Caso vence por um gol de diferença, a decisão será na disputa por pênaltis.

Relembre os confrontos de mata-mata que o Palmeiras precisava reverter um placar no Allianz Parque:

Copa do Brasil-2015 (classificado)
Fluminense 2 x 1 Palmeiras - Maracanã (semifinal)
Palmeiras 2 (4) x (1) 1 Fluminense - Allianz Parque (semifinal)

Copa do Brasil-2015 (título)
Santos 1 x 0 Palmeiras - Vila Belmiro (final)
Palmeiras 2 (4) x (3) 1 Santos - Allianz Parque (final)

Copa do Brasil-2016 (eliminado)
Grêmio 2 x 1 Palmeiras - Arena do Grêmio (quartas)
Palmeiras 1 x 1 Grêmio - Allianz Parque (quartas)

Paulistão-2017 (eliminado)
Ponte Preta 3 x 0 Palmeiras - Moisés Lucarelli (semifinal)
Palmeiras 1 x 0 Ponte Preta - Allianz Parque (semifinal)

Libertadores-2017 (eliminado)
Barcelona-EQU 1 x 0 Palmeiras - Guayaquil (oitavas)
Palmeiras 1 (4) x (5) 0 Barcelona-EQU - Allianz Parque (oitavas)

Libertadores-2018 (eliminado)
Boca Juniors-ARG 2 x 0 Palmeiras - Bombonera (semifinal)
Palmeiras 2 x 2 Boca Juniors-ARG - Allianz Parque (semifinal)

Paulistão-2022 (título)
São Paulo 3 x 1 Palmeiras - Morumbi (final)
Palmeiras 4 x 0 São Paulo - Allianz Parque (final)

Copa do Brasil-2022 (eliminado)
São Paulo 1 x 0 Palmeiras - Morumbi (oitavas)
Palmeiras 2 (3) x (4) 1 São Paulo - Allianz Parque (oitavas)

Libertadores-2022 (a definir)
Athletico-PR 1 x 0 Palmeiras - Arena da Baixada (semifinal)
Palmeiras x Athletico-PR - Allianz Parque (semifinal)