Oscar Piastri pilotará pela McLaren, que vence batalha legal contra Alpine

O australiano Oscar Piastri vai correr pela McLaren nas temporadas de 2023 e 2024 já que seu contrato com a equipe britânica foi considerado válido, ao contrário do que a Alpine alegou com a jovem promessa, anunciou nesta sexta-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA).

Piastri, de 21 anos, estava no centro de um imbróglio jurídico. A McLaren e a Alpine afirmaram ter um contrato com o piloto para a próxima temporada.

O Conselho de Reconhecimento de Contratos (CRB) da F1, que arbitra o caso, acabou decidindo a favor da McLaren.

A novela começou no início de agosto, quando Fernando Alonso anunciou sua surpreendente contratação pela Aston Martin para a temporada 2023.

A Alpine, atual equipe do espanhol, anunciou que o piloto que substituiria o espanhol a partir da próxima temporada seria o reserva Piastri.

No entanto, o australiano desmentiu essa informação: "Não assinei nenhum contrato com a Alpine para 2023. Não serei piloto da Alpine na próxima temporada".

O desdém do jovem piloto, campeão de Fórmula 3 (2020) e Fórmula 2 (2021), pela equipe em que foi revelado, deve-se ao fato de ter encontrado um acordo com a McLaren, que acabou vencendo a batalha judicial.

ole/gk/pm/psr/aam