Os surfistas que despertaram a ira do prefeito de Veneza

Gôndolas, táxis aquáticos e balsas navegam no Grande Canal de Veneza em 2020
Esportes aquáticos são proibidos no Grande Canal de Veneza

Duas pessoas filmadas surfando no canal mais movimentado de Veneza desencadearam a ira do prefeito da cidade italiana. Os vídeos provocaram indignação quando compartilhados online.

O prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, ofereceu um jantar grátis a quem identificasse a dupla e pediu punição para eles.

A imprensa local informa que as duas pessoas foram localizadas e multadas.

O wing surfing é um esporte aquático que consiste em surfar com uma prancha que tem uma quilha grande — é movido a vento e se desenvolveu a partir do kitesurf, windsurf e surf. Geralmente têm propulsores elétricos embutidos.

O surf, juntamente com outros esportes, como stand up paddle ou canoagem, é proibido no Grande Canal de Veneza.

Mas isso não impediu os dois entusiastas dos esportes aquáticos de passearem de pranchas pelo centro histórico da cidade.

Em gravações postadas na internet, os dois são vistos surfando em suas pranchas elétricas enquanto as pessoas observam com a partir de barcos próximos.

Um dos surfistas parece estar tirando fotos com seu celular antes de cair na água.

Depois que os vídeos provocaram críticas de usuários online, o prefeito de Veneza ecoou os comentários, dizendo que a dupla zombou da cidade e deveria ser identificada.

"Para aqueles que os viram, ofereço um jantar", escreveu ele em um tuíte em que os chamou de "idiotas prepotentes".

Uma investigação policial foi aberta e Brugnaro mais tarde escreveu no Twitter que os dois haviam sido identificados.

No entanto, ele não mencionou nada sobre o jantar.

As pranchas dos dois atletas, avaliadas em cerca de US$ 25 mil (R$ 130 mil), foram confiscadas, informou o jornal local Il Gazettino. Além disso, ambos foram multados por colocarem em risco a segurança da navegação no canal e foram expulsos de Veneza.

Eles podem enfrentar processo penal por terem prejudicado a imagem da cidade.

- Este texto foi publicado originalmente em https://www.bbc.com/portuguese/internacional-62589065

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!