Olympikus abre inscrições para o Bota Pra Correr 2022


A Olympikus anunciou este semana o retorno do circuito Bota Pra Correr 2022. Serão dois destinos inéditos que irão proporcionar uma conexão dos participantes com lugares paradisíacos do Brasil. A primeira etapa será na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, no dia 6 de agosto, e a segunda vai acontecer em São Miguel dos Milagres, em Alagoas, no dia 22 de outubro.

As inscrições já estão abertas e as vagas são limitadas. Os interessados têm duas opções: R$ 550 (inscrição de destino individual + kit corredor) ou R$ 750 com o combo promocional dos dois destinos (inscrições + kit corredor).

São Miguel Dos Milagres será o segundo destino do Bota Pra Correr 2022. (Divulgação)
São Miguel Dos Milagres será o segundo destino do Bota Pra Correr 2022. (Divulgação)

São Miguel Dos Milagres será o segundo destino do Bota Pra Correr 2022. (Divulgação)

O Bota pra Correr Olympikus foi lançado em 2019, com o objetivo de convidar as pessoas a conhecerem, por meio da corrida, novos lugares, novas histórias e culturas do Brasil. “É um convite para o brasileiro conhecer correndo o melhor do país. Isso inclui as regiões do país e também nossas tecnologias e produtos para corrida”, afirma Marcio Callage, diretor de marketing da Vulcabras, empresa proprietária da marca Olympikus.

A primeira edição do circuito contou com três etapas: Jalapão, Pantanal e Alter do Chão. Com as edições de 2020 e 2021 adiadas em virtude da pandemia, a Chapada dos Veadeiros foi escolhida como palco do retorno do circuito. O local receberá cerca de 800 corredores com as distâncias de 10km e 21km. Em meio à natureza, os atletas enfrentarão um percurso 100% de asfalto em cenários cinematográficos e poderão testar os recentes lançamentos da Família Corre (Corre 2, Corre Grafeno e Corre Vento).

O pilar de sustentabilidade da marca também estará presente durante o circuito, além dos tênis fabricados com 100% de energia limpa, outras iniciativas como copos reutilizáveis e reciclagem de resíduos serão realizadas. Todo o lixo gerado pelos participantes é separado, passa por uma triagem e, então, descartado corretamente.

“O Bota Pra Correr surgiu para fazer parte das melhores memórias de quem ama a corrida. Ele é um circuito criado para gerar uma conexão profunda dos corredores com o seu país, com outros corredores e, claro, com a marca, que desenvolve assim uma plataforma em que sua comunidade é sempre a protagonista e o centro de todo pensamento”, conta Callage.

“Esse ano tivemos a missão de encontrar a prova de asfalto mais bonita do Brasil. Eu já conhecia a Chapada dos Veadeiros e sabia que lá era um dos lugares mais incríveis do Brasil, com estradas maravilhosas, então foi a escolha número um. Para o segundo local, queríamos levar os brasileiros para a costa, pro litoral. Pesquisamos bastante e encontramos São Miguel dos Milagres, com um dos entornos mais lindos do país”, detalha Shubi Guimarães, diretora técnica do projeto.

A Olympikus também apresentou as representantes regionais de cada etapa, Patrícia Andrade (Chapada dos Veadeiros) e Fernanda Oliveira (São Miguel dos Milagres).

“Correr na chapada é conexão com a natureza, com o Cerrado. A prova da Olympikus vai ser uma prova de asfalto com percurso de montanha, um pouco diferente do que muitas pessoas estão habituadas. É um visual indescritível, com chapadões, serras, paredões, cânions e uma estrada que tem a ciclofaixa mais bonita do Brasil. É realmente um lugar que encanta em cada curva”, afirma Patrícia, que mora na Chapada dos Veadeiros.

“A corrida é um lugar de identificação para mim, não consigo descrever tudo o que sinto enquanto corro. Vejo uma pessoa correndo e sorrindo e, ainda que não a conheça, sei exatamente o que ela está sentindo. Correr em São Miguel é uma experiência inesquecível, é uma paisagem com muita exuberância, sombra, calor, brisa”, conta Fernanda, representante da cidade do nordeste.

Além do Bota pra Correr, a Olympikus tem várias ações ligadas ao universo da corrida. Somente em 2022, além do patrocínio à Maratona de São Paulo, a marca anunciou o apoio à maratona de Porto Alegre, prova referência no país, que será disputada neste domingo (12).

Investindo em inovação para democratizar o acesso a alta tecnologia esportiva no Brasil, a Olympikus lançou este ano a Família Corre, composto por três modelos de tênis: Corre Grafeno, primeiro modelo do mundo com placa de grafeno, Corre 2, focado em atletas que buscam máximo amortecimento e desenvolvido em parceria com o Laboratório de Biomecânica da USP, e Corre Vento, para corredores que buscam um produto de leveza e velocidade. (Iúri Totti)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos