O dia em que Mike Tyson mordeu a orelha de Evander Holyfield

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Registro do momento em que Mike Tyson mordeu uma das orelhas de Holyfield (Foto: Focus on Sport/Getty Images)
Registro do momento em que Mike Tyson mordeu uma das orelhas de Holyfield (Foto: Focus on Sport/Getty Images)

Foi no dia 28 de junho de 1997 que a revanche entre Mike Tyson e Evander Holyfield marcou a história do boxe. A luta, disputada na MGM Grand Arena, em Las Vegas, teve o seu momento mais infame ao fim do quarto round. Irritado com uma suposta cabeçada de Holyfield, a 40 segundos do fim do round, Mike Tyson mordeu e arrancou um pedaço da orelha do adversário. Ele cuspiu o pedaço no chão enquanto Holyfield gritava e pulava por conta da dor. Houve uma troca de empurrões até que os lutadores fossem mandados para seus respectivos córneres.

A arbitragem não encerrou a luta na hora. Foram retirados dois pontos de Tyson. Holyfield recebeu atendimento médico, já que a orelha não parava de sangrar. Os dois lutadores voltaram a se enfrentar, mas Tyson mordeu a outra orelha de Holyfield. Ao fim do round, o árbitro decidiu encerrar a luta e houve uma confusão generalizada dentro do ringue.

Holyfield foi declarado vencedor da luta. A Comissão Atlética de Nevada cassou a licença de Mike Tyson e lhe aplicou uma multa de 3 milhões de dólares, a mais pesada da história da modalidade. Os lutadores receberam uma bolsa de 30 milhões de dólares pela luta.

Na primeira luta entre Tyson e Holyfield, o último também levou a melhor, em 9 de novembro de 1996. Após o embate, o estafe de Tyson reclamou que Holyfield dava muitas cabeçadas desleais durante os clinches.

A carreira de ambos continuou após a luta. Tyson entrou no ringue mais 10 vezes, com cinco vitórias, três derrotas e duas lutas sem resultado. Holyfield fez mais 20 lutas, com 10 vitórias, dois empates, sete derrotas e uma luta sem resultado. Em 2021, ele enfrentou o brasileiro Vitor Belfort em uma luta de exibição, aos 57 anos, e foi nocauteado no primeiro round.

Até hoje, o pedaço da orelha de Holyfield levanta questões de fãs, já que ele nunca foi encontrado. Jornais e livros tentaram desvendar o paradeiro, mas nada conclusivo foi descoberto. Em 2013, inclusive, a Nike fez uma propaganda em que mostrava Tyson entregando o pedaço da orelha a Holyfield em uma caixinha. Os lutadores fizeram as pazes e Holyfield já participou de um podcast feito por Tyson.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos