O colágeno e seus benefícios

O colágeno aliado a uma rotina ativa rende inúmeros benefícios ao ser humano (Foto: Unsplash)


Proteína mais abundante no corpo humano, representando 30% de todas as proteínas que temos, ou seja, praticamente 1/3 do total proteico, o colágeno possui uma indispensável função estrutural em nosso organismo. Produzido pelo próprio corpo, a proteína é responsável por, entre outras coisas, sustentar a elasticidade da pele, fortalecer a saúde dos cabelos, das unhas e constituir fibras que sustentam os tecidos.

Existem quatro tipos de colágenos: tipo 1, que é o mais abundante, encontrado em peles, dentes, ossos e tendões; tipo 2, que vem das cartilagens; tipo 3, nas artérias e em órgãos como o fígado, baço e rins; e tipo 4, formado por moléculas de colágeno que não se associam em fibrilas.

Entre os alimentos mais ricos em colágeno estão carne vermelha, frango, peixe, caldo de mocotó, ovos, castanhas, alho, feijão, frutas cítricas e vermelhas.

Para aqueles que produzem uma menor quantidade da proteína, geralmente adultos acima dos 30 anos, há no mercado a opção de suplementos. A brasileira Power Way, linha da rede de drogarias Cumani, disponibiliza em sua prateleira o Osteo Colágeno, um suplemento alimentar em comprimidos rico em colágeno não hidrolisado tipo 2.

"Além de repor o colágeno das articulações, aliviar sintomas da inflação e contribuir maior resistência nos ossos e músculos, ele é enriquecido de vitamina D 2.000ui, que auxilia no funcionamento do sistema imune, digestivo, circulatório e nervoso. Os nossos produtos são encontrados em nossas drogarias, por ser uma linha própria", explica Thainara Martins, farmacêutica da Cumani.

É importante salientar que, assim como todo suplemento alimentar, os ricos em colágenos também só devem ser ingeridos após consulta com nutricionista ou médico, tendo em vista que o excesso de colágeno no corpo passa a ser expelido na urina, o que pode sobrecarregar os rins.