Novo formato da Champions para 2024 será um "sucesso", diz presidente do PSG

A forte alta dos direitos de televisão demonstra que o novo formato da Liga dos Campeões previsto para 2024 já é um sucesso, afirmou nesta segunda-feira o presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaifi.

"As vendas do novo formato nos Estados Unidos, mesmo sem a língua espanhola, aumentaram em 150%. No Reino Unido e na França também subiram muito", declarou o dirigente em uma conferência organizada próximo a Lisboa pela Federação Portuguesa de Futebol.

"Creio que isso demonstra que o novo formato é um grande sucesso antes mesmo de começar, só pelas vendas de direitos de TV", ressaltou Al-Khelaifi.

A Liga dos Campeões sofrerá em 2024 sua reformulação mais drástica em 20 anos, oficializada em maio deste ano após o imbróglio gerado pelo projeto da Superliga, lançado em 2021 por vários clubes europeus com a ideia de criar uma competição privada.

"O futebol deve se desenvolver, mas de uma maneira que respeite todos os clubes: pequenos, médios e grandes", disse o presidente do PSG, que também preside a Associação Europeia de Clubes (ECA) e é vice-presidente da Uefa.

Os direitos de TV das competições europeias de clubes foram vendidos por 15 bilhões de euros por três anos (de 2024 a 2027), um salto que se deve à ampliação do número de participantes da Champions para 36 equipes.

O novo formato, que entrará em vigor na temporada 2024/2025, prevê um minicampeonato de oito rodadas incluindo todos os times no lugar da tradicional fase de grupos.

tsc/jed/gr/psr/cb