Nova derrota e má atuação fora de casa ligam sinal de alerta no Vasco

Nene não conseguiu dar a vitória ao Vasco (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)


Já virou rotina no Vasco. No último domingo, com a virada sofrida para o Bahia, o Cruz-Maltino chegou a quinta derrota seguida jogando como visitante nesta Série B. E, para piorar a situação, a péssima atuação do time deixou o torcedor ainda mais preocupado na briga pelo acesso para a Série A.


Como confirmado pelo zagueiro Anderson Conceição e o próprio técnico Emílio Faro depois do jogo, a estratégia do Vasco era esperar o Bahia, tentar quebrar o ritmo do jogo, e apostar nos contra-ataques. Mas, pelo que se viu em campo, a ideia não foi colocada em prática com eficiência.

+ Veja a classificação da Série B

O Cruz-Maltino foi envolvido pelo Tricolor, que ditou o ritmo da partida. Jacaré, ainda que tenha pecado em algumas questões técnicas, infernizou a defesa do Vasco, que não conseguiu sair bem para os contra-ataques e teve uma transição lenta e sem qualidade. Assim, o time nem sequer conseguiu assustar o gol de Danilo Fernandes. Como o gol foi contra, o Gigante da Colina ainda terminou o jogo sem nenhuma finalização na direção do gol adversário.

Assim, o Vasco, que já vinha de atuações ruins jogando como visitante, conseguiu assustar ainda mais o seu torcedor, que agora viu o Londrina se aproximar na classificação da Série B. Na quarta colocação, com 42, o Cruz-Maltino está apenas quatro pontos na frente do Tubarão. E, depois do jogo contra o Guarani, na próxima quarta-feira, o time tem mais dois confrontos fora, contra Brusque e Grêmio. Pelo histórico recente, os três pontos contra o Bugre passam a ser mais do que imprescindíveis na luta pelo acesso.