Federação Inglesa estuda introduzir auxílio do vídeo na Copa da Inglaterra

Londres, 4 mar (EFE).- A Federação Inglesa (FA) estuda introduzir o sistema de revisão de vídeo (VAR) a partir da terceira rodada da próxima edição da Copa da Inglaterra, segundo revelou depois da última reunião da International Football Association Board (IFAB).

A entidade já introduziu com sucesso a tecnologia de linha de gol no início da atual temporada. Gianni Infantino, presidente da Fifa, acredita que o uso do VAR como ajuda à arbitragem a partir da Copa do Mundo da Rússia, em 2018, é algo "realista".

"É o objetivo que traçamos, mas antes que possamos fazer uso disso na Rússia, a IFAB tem que dar o sinal verde em março do ano que vem. Neste ano vamos testar o VAR com todos os árbitros candidatos a apitar na Copa de 2018. Vamos organizar dois seminários para treiná-los", comentou Infantino.

Na 131ª assembleia geral, que aconteceu no estádio londrino de Wembley, a IFAB, composta pelas federações de Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, além da Fifa (que representa as 207 federações nacionais restantes), confirmou que os clubes poderão fazer uma quarta substituição nos jogos que forem para a prorrogação a partir das quartas de final da Copa da Inglaterra desta mesma temporada.

Esta quarta substituição já foi utilizada de forma experimental durante a última edição da Copa América e também nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. EFE