Com Zidane ameaçado, alemão é favorito para assumir Real, diz jornal

O técnico Zinedine Zidane não está confirmado no comando do Real Madrid para a próxima temporada. O próprio comandante já deixou claro que não há garantia de sua continuidade, e os próximos resultados devem ser fundamentais na decisão final da diretoria.

De acordo com informações do jornal As, a derrota para o Barcelona estremeceu a confiança do francês. Por isso, o destino do Real Madrid na temporada é fundamental. Na disputa pelo título do Espanhol e da Liga dos Campeões, os merengues precisam de conquistas para que Zidane permaneça.

Caso os madrilenhos percam a disputa nacional para o rival catalão, e acabem fora da competição europeia, a tendência é de que o treinador seja dispensado, após um ano e meio no cargo.

A publicação também crava quem é o favorito para assumir o comando na vaga de Zizou. Trata-se de Joachim Low, técnico da seleção alemã, campeão do mundo em 2014. O treinador tem contrato até a Euro de 2020, mas poderia encerrar seu ciclo nos atuais detentores da Copa do Mundo.

Outros dois nomes que surgem como opções são os de Antonio Conte, do Chelsea, e Mauricio Pocchetino, do Tottenham. A boa fase de ambos na Inglaterra, porém, diminui as chances de eles aceitarem uma troca de clube.

Buscando títulos que o mantenham no cargo, Zidane volta a comandar o Real na quarta-feira, diante do Deportivo La Coruña. Os merengues estão empatados em pontos com o líder Barcelona, mas ainda têm um jogo a menos, o que ainda mantém a equipe dependendo apenas de si.