Zico, Romário ou Gabigol: quem fez mais gols nas 100 primeiras partidas pelo Flamengo?

Matheus Dantas
·3 minuto de leitura


Artilheiros de gerações diferentes na história do Flamengo, Zico, Romário e Gabriel Barbosa estão entre os grandes ídolos da Nação. Aproveitando que o atual camisa 9 chegou aos 100 jogos com o Manto no último domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians, o L! levantou os números do trio neste intervalo para responder quem teve o início mais goleador no Rubro-Negro.

Com 79 gols marcados nos 100 primeiros jogos que fez pelo Flamengo, entre janeiro de 1995 e outubro de 1996, o Baixinho Romário teve o melhor desempenho, deixando o atacante Gabigol (69 gols entre janeiro de 2019 e janeiro de 2021) e o meia Zico (36 gols entre julho de 1970 e abril de 1974).

TRAJETÓRIAS DISTINTAS ATÉ O 100º JOGO COM O MANTO

Eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa em 1994, Romário chegou à Gávea em seu auge, contratado para ser "o cara" de um estrelado time. A expectativa - enorme, por sinal - foi correspondida com muitos gols de imediato. Até a sua 100ª partida com a camisa do Flamengo, o Baixinho castigou os rivais 79 vezes.

O Estadual, englobando as partidas válidas pela Taça Guanabara, Taça Rio e Taça Cidade Maravilhosa, foi o torneio que Romário fez mais gols neste período (53), seguido pelo Campeonato Brasileiro (8), Copa do Brasil (2), Copa dos Campeões Mundiais (2), Supercopa dos Campeões da Libertadores (2) e Copa Euro-América (1), além de 11 gols em amistosos nacionais e internacionais.

Entre os adversários que sofreram com o camisa 11 do Fla, estão os rivais do Rio de Janeiro (Botafogo, Fluminense e Vasco), outros grandes do Brasil, como Grêmio, Corinthians e Palmeiras, e clubes estrangeiros, como o Benfica, de Portugal, o Red Diamonds, do Japão, e o Borussia Dortmund, da Alemanha.

Nas três passagens que teve pelo Flamengo, Romário disputou 240 partidas e fez 204 gols, uma média de 0,85 gol por jogo. O Baixinho é o quarto maior artilheiro da história do clube, atrás de Henrique Frade, Dida, e, claro, Zico.

GALINHO NO INÍCIO DE SUA CARREIRA PROFISSIONAL

Se Romário iniciou sua trajetória no clube como melhor jogador do mundo, Zico estreou entre os profissionais do Flamengo com 18 anos, vindo das divisões de base. Portanto, os seus 100 primeiros jogos com o Manto ainda foram disputados sem o meia ser o protagonista da equipe. Ainda assim, alcançou números expressivos: 36 gols entre julho de 1970 e abril de 1974).

Foram 19 gols de Zico em amistosos, 15 pelo Brasileiro e dois no Torneio do Povo neste intervalo. O calendário do futebol brasileiro, diferente na época, permitia que os clubes excursionassem pelo exterior. Assim, o Galinho marcou gols contra as seleções de Zaire, da Arábia Saudita e do Kuwait, por exemplo.

Foi justamente a partir de 1974 que Zico firmou-se como titular e consagrou-se como maior jogador da história do Flamengo. Segundo atleta que mais vestiu o Manto, atrás somente de seu companheiro Maestro Júnior (876 partidas), Zico fez 508 gols em 732 jogos pelo Flamengo, uma média de 0,69 gols por partida.

GABIGOL CHEGA AO 100º JOGO EM GRANDE FASE

Contratado em janeiro de 2019, Gabriel Barbosa alcançou a marca de 100 jogos após dois anos com a camisa do Flamengo no domingo, contra o Corinthians. O atacante precisou de ainda menos tempo para entrar na história do clube, sendo decisivo nas conquistas de 2019. Até agora, são 69 bolas na rede do camisa 9 no clube, que faz a Nação levantar a plaquinha sempre que possível.

Com contrato até dezembro de 2024, Gabigol terá tempo para se aproximar de Zico e Romário e, quem sabe, entrar no Top-10 de artilheiros do Flamengo. Atualmente, o décimo colocado do ranking é o o atacante Índio, que fez 144 gols em 218 partidas com o Manto entre novembro de 1949 e maio de 1957.

Os números desta matéria foram levantados pelo L! no site "Flaestatísticas".