Zenit procura São Paulo para negociar com Rodrigo Caio

Rodrigo Caio tem um dos menores salários entre os titulares do Tricolor
Rodrigo Caio tem um dos menores salários entre os titulares do Tricolor; ganha R$ 140 mil mensais

A temporada de caça a Rodrigo Caio está aberta e o primeiro clube europeu a formalizar seu interesse foi o Zenit. Comandado por Mircea Lucescu, romeno que adora trabalhar com brasileiros, o time russo se reuniu semanas atrás com representantes do Tricolor e do zagueiro.

A ideia era entender quanto o São Paulo quer pelo jogador da seleção brasileira. A pedida inicial é de 16 milhões de euros – nos bastidores, especula-se que o Tricolor feche no ato se alguém se propuser a pagar 14 milhões de euros.

No encontro, o Zenit também percebeu que somente um caminhão de dinheiro será suficiente para convencer Rodrigo Caio a desistir da ideia de deixar o Brasil apenas para jogar em uma liga de muita visibilidade e por um clube que brigue por títulos. Em agosto, ele chegou a recusar uma oferta do Hamburgo, da Alemanha.

O Zenit tem esperança de que o contato entre Rodrigo Caio e Giuliano durante o período de treinos e jogos da seleção brasileira, até a próxima terça-feira, sirva para mostrar ao são-paulino que o projeto russo é audacioso. Giuliano se mudou na metade do ano para São Petesburgo e vive excelente fase, com 12 gols em 16 jogos.

Apesar de ainda não ter feito proposta oficial, o PSG monitora a situação de Rodrigo Caio. O jogador de 23 anos, cujo contrato termina em outubro de 2018, é dono de um dos menores salários entre os titulares – R$ 140 mil mensais – e deve ser vendido para garantir dinheiro para a montagem do São Paulo de 2017.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos