Doces, piscina, Gil e fantasia: Zeca Pagodinho completa 62 anos como avô coruja na pandemia

Patrick Monteiro
·2 minuto de leitura
Zeca Pagodinho é o avô coruja da pandemia (Reprodução / Instagram @zecapagodinho)
Zeca Pagodinho é o avô coruja da pandemia (Reprodução / Instagram @zecapagodinho)

Estamos prestes a completar um ano de pandemia do novo coronavírus e tem uma figura que amamos que se destacou com um avozão nesse período de isolamento social: Zeca Pagodinho. O sambista completa 62 anos de vida na quinta-feira (4).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Reunimos alguns momentos que o cantor compartilhou nas redes sociais para provar que ele é o mais coruja dos corujas nesse período e faz questão de estar com seus e reforçar laços familiares que são únicos. Segue o fio:

Leia também:

Piscininha

Com o calor que faz no Rio, nada melhor que uma boa piscina. Ainda mais quando é no sítio de Zeca, em Xerem, na zona rural de Duque de Caxias, que fica na região metropolitana do Rio. A diversão com os netos é garantida.

Fantasia

Zeca foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais ao aparecer com o neto Noah fantasiado de um personagem de Naruto. Pagodeiro, Zeca contou que estava se divertindo como o personagem de mangá.

Visita ilustre

Além de ser neto de Zeca Pagodinho, o que é receber a visita de Gil em casa? Uma Alcione? Deve ser incrível conviver com esses ícones da música nacional.

Guloseimas

Devoto de São Cosme e São Damião, a pandemia não permitiu que Zeca saísse pelas ruas para distribuir doces e em 2020 a doação aconteceu aos familiares dentro de casa mesmo. O pagodeiro fez os saquinhos com os netos e não deixou de celebrar sua fé.

Festa

E aquele arraiá em junho? Teve também! Dentro do quintal, só com a família, com a mesma emoção e diversão. A festa teve “fogueira, bandeirinha, comidinhas gostosas e muita saúde”.

Quentinho

Nem só de sol e calor vive o Rio de Janeiro. Em um dia frio na cidade, depois de vários dias de chuva, nada como meias, touca e um roupão quentinho para passar o dia.

Saúde sempre

E além de amoroso e carinhoso, Zeca é seguidor da ciência e não deixa de falar para os seguidores sobre o uso de máscaras, a necessidade do distanciamento social e o mais importante: se imunizar. Ele não vê a hora de chegar sua vez de tomar a vacina contra o covid-19.