Zanardi continua estável na UTI; médicos estão satisfeitos com quadro do piloto

motorsport.com

Alex Zanardi permanece na UTI do hospital Santa Maria alle Scotte, em Siena, na Itália, onde se recupera de grave acidente de bicicleta de mão, ocorrido na região, quando competia na sexta-feira. Ele passou por uma delicada cirurgia cerebral no mesmo dia e desde então permanece intubado e respirando artificialmente.

Na manhã desta segunda, o hospital divulgou um novo boletim sobre o estado de saúde do ex-F1 e Indy.

Leia também:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Hamilton participa de manifestação contra racismo em LondresRicciardo diz que poderia perder vaga na McLaren se decisão não fosse rápidaZanardi não estava gravando corrida com celular na hora do acidente, diz jornal

"As condições clínicas de Alex Zanardi, hospitalizado na policlínica Santa Maria alle Scotte desde 19 de junho, permanecem estáveis. A terceira noite de internação na UTI - com dados atualizados de poucos minutos atrás - passou sem variações".

"Portanto, as condições clínicas permanecem inalteradas nos parâmetros cardiorrespiratórios e metabólicos, enquanto seu quadro neurológico é grave. O paciente está sedado, intubado e ventilado mecanicamente, e seu prognóstico é reservado".

"A equipe multidisciplinar que está a frente de seu tratamento avaliará nos próximos dias quaisquer ações diagnóstico-terapêuticas a serem tomadas. O próximo boletim médico será divulgado às 12 horas [horário loca] do dia 23 de junho".

No domingo à noite, Sabino Scoletta, diretor do departamento de emergências do hospital onde Zanardi está internado, falou com alguns jornalistas sobre a condição do piloto:

"Ele ainda precisa ficar sedado e conectado à máquina, mas estamos muito felizes. Continuamos com o monitoramento neurológico, que também marcou parâmetros de estabilidade agora a noite, mas é preciso cautela, a mudança pode ser repentina. No geral, as condições gerais permanecem estáveis ​​e estamos satisfeitos. para este quadro clínico ".

Scoletta também falou que a equipe deve se reunir nesta segunda para fazer um balanço da situação de Zanardi e avaliar uma possível redução da sedação e o momento do despertar: "Pensamos mais nos próximos dias do que nas próximas horas. O cérebro precisa de tempo e descanso".

Alex Zanardi teve algumas passagens pela Fórmula 1 durante os anos 90, correndo por equipes como Minardi, Jordan e Williams. Nesse mesmo período, correu também pela Indy onde teve seus melhores resultados, sendo campeão em 1997 e 1998.

O italiano sofreu um gravíssimo acidente em 2001 durante uma prova da Indy em Lausitzig na Alemanha, quando rodou e parou no meio da pista, sendo acertado a mais de 300 km/h por Alex Tagliani. O grave acidente levou a amputação de suas pernas.

Cerca de dois anos depois, já estava de volta ao esporte a motor, competindo com a BMW no Campeonato Mundial de Turismo, e, no mesmo ano, venceu sua primeira prova na categoria, em etapa na Alemanha.

Seu percurso no mundo do esporte paralímpico começou dois anos depois, e, desde então, se firmou como um dos maiores nomes do esporte adaptado. Ele tem seis medalhas paralímpicas, sendo quatro de ouro, duas conquistadas em Londres-2012 e outras duas na Rio-2016. e tornando o maior campeão da modalidade nos Jogos. Além disso, Zanardi possui dez ouros nos campeonatos mundiais da modalidade.

Uma das medalhas conquistadas na Rio-2016 veio no dia em que seu acidente na Alemanha completava 15 anos. Ele celebrou duplamente a medalha, afirmando que estava feliz também por vencer no Brasil, um país que não havia ganhado na época da Indy, que corria no antigo autódromo de Jacarepaguá.

Desde que começou sua trajetória no ciclismo, Zanardi divide seu tempo entre a modalidade e o automobilismo. Essa semana, Zanardi anunciou que participaria de uma etapa do campeonato italiano de GT em Monza no mês de novembro, correndo com a BMW.

Fake news desmentida

Após o acidente, alguns comentários falsos atestaram que Zanardi estava distraído no momento do acidente porque estava segurando um telefone celular, gravando sua corrida. Segundo apurado pelo jornal Corriere della Sera, Zanardi estava com as duas mãos no guidão da bicicleta. Representantes da promotoria de Siena, que investiga o caso, viram alguns vídeos amadores do acidente e já descartaram essa possibilidade.

Kanaan se emociona ao lembrar como Piquet e Senna mudaram os rumos da sua vida

PODCAST: Entrevista com Christian Fittipaldi: os primeiros anos de carreira até os dias de F1

 

Your browser does not support the audio element.

Leia também