Polícia resgata jogador venezuelano sequestrado na fronteira com a Colômbia

EFE

Caracas, 4 abr (EFE).- A Polícia Científica da Venezuela (CICPC) resgatou o jogador Maikol Vivas, que tinha sido sequestrado na Semana Santa em Ureña, no estado de Táchira, na fronteira com a Colômbia, um caso que só foi relevado nesta quarta-feira.

"O CICPC respondeu contundentemente e em tempo recorde ao sequestro de Maikol Vivas, que foi levado à fronteira colombiana", disse Freddy Bernal, designado pelo presidente Nicolás Maduro como "protetor" de Táchira, um cargo parelelo ao governo do estado.

Segundo informações divulgadas pela imprensa local, Vivas foi abordado por dois homens em uma moto em um bairro mais afastado de Ureña. Não se sabe quem foram os responsáveis pelo sequestro do jogador do Ureña Sport Club, da segunda divisão do país.

O clube reagiu à notícia pedindo que nenhum venezuelano seja mais vítima desse tipo de crime no país. EFE


Leia também