Zagueiro de Gana promete 'vingança' contra o Uruguai por eliminação na Copa do Mundo de 2010


A partida entre Gana e Uruguai, que acontecerá no dia 2 de dezembro, às 10h (de Brasília), pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo do Qatar já tem uma história por trás. Mohammed Salisu, zagueiro da seleção africana, relembrou a eliminação para a sul-americana no torneio em 2010 e falou em "vingança".

> Quem é o maior favorito na Copa do Mundo? Veja votação feita na redação do LANCE!

A partida entre as seleções, pelas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, está na história da competição, já que foi recheada de polêmicas e tons levemente dramáticos. Apesar do empate 1 a 1 no tempo regulamentar e na prorrogação, o que mais chamou a atenção foi a "defesa" de Luis Suárez em cima da linha do gol, que gerou um pênalti para Gana e sua expulsão.

Contudo, a equipe africana desperdiçou o pênalti e, nas cobranças decisivas após o fim da prorrogação, acabou sendo superada pelo Uruguai, que avançou à semifinal.

Ao falar sobre o reencontro das seleções na Copa do Qatar, o zagueiro ganês Mohammed Salisu disse estar "ansioso para a vingança".

> Clique e confira a tabela completa da Copa do Mundo!

Seleção de Gana - Mohammed Salisu
Seleção de Gana - Mohammed Salisu

Salisu afirmou que quer 'vingança' contra o Uruguai (Foto: Divulgação/GANA)

- Creio que as pessoas estão esperando por esta partida por conta da vingança. Eu também estou esperando por esta partida. Tenho que lutar pelo meu país. Sou parte da vingança - disse ele em entrevista ao site oficial de Gana.

O jogador que defende o Southampton, da Inglaterra, ainda ressaltou a força da seleção africana naquela Copa do Mundo e que todos os jogadores pensam em repetir a boa trajetória nesta edição, além de analisar as dificuldades do Grupo H, que conta com Gana, Uruguai, Coreia do Sul e Portugal.

- Quando jogamos contra o Uruguai naquela Copa do Mundo, Gana era a melhor seleção africana e a que mais foi longe. Ter isso na memória me inspira - reforçou Mohammed, que concluiu:

- Acho um grupo difícil. Temos que nos preparar e estar bem empolgados. Todo jogo é duro, então precisamos estar unidos como grupo e colocar tudo em cada um para que nosso país se orgulhe.