Zagueiro da Udinese fala sobre paralisação de jogos na Itália


A preocupação a respeito da epidemia do coronavírus está afetando o calendário do futebol em diversos países. Na Itália, por exemplo, seis jogos que ocorreriam no último final de semana foram adiados por conta do vírus. Um deles foi a partida entre Udinese e Fiorentina que estava marcada para o último sábado (29). Titular do time da cidade de Udine, o zagueiro brasileiro Rodrigo Becão comentou sobre o cancelamento do confronto.

- Claro que o pensamento e a vontade de todo jogador é jogar, sabemos que a presença da torcida nos estádios deixa o futebol ainda mais apaixonante e abrilhanta mais a festa. Mas cabe a todos nós apenas respeitar o momento que estamos passando com essa repercussão do coronavírus. Quando os jogos são adiados tem o lado ruim da falta de ritmo de jogo que acaba afetando querendo ou não, mas nosso grupo continua trabalhando firme e forte todos os dias para ficar com o condicionamento ideal e não perder tanto condicionamento físico - contou o atleta.

A Udinese ocupa a 14ª colocação na tabela, com 27 pontos em 25 jogos na Série A. O time vem de três empates seguidos contra as equipes do Brescia, Verona e Bologna. Becão também comentou sobre o que espera na sequência do torneio.

- Sabemos da dificuldade que é jogar a Série A, seguimos fortes na competição e procuramos sempre somar o máximo de pontos possíveis para poder alcançar a colocação mais alta possível na tabela - disse.

A próxima partida da Udinese está marcada para este sábado (07), as 11h00 (Horário de Brasília), contra a Torino, fora de casa.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também